Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Caminhões: fábricas retomam o ritmo

Indústria | 06/02/2013 | 18h48

Caminhões: fábricas retomam o ritmo

Produção de janeiro cresce 42,7% sobre dezembro; desempenho para os ônibus também é favorável

MÁRIO CURCIO, AB

A produção de caminhões em janeiro atingiu 12.705 unidades, resultando em alta de 42,7% em relação a dezembro do ano passado. O número confirma a retomada das encomendas ao setor, motivadas pela redução dos juros de financiamento. O segmento dos caminhões médios foi o que apresentou a maior alta em janeiro sobre dezembro, de 69,9%.

Na comparação com janeiro de 2012, o aumento na produção de veículos de carga é ainda mais expressivo, de 269,5%. Nesse caso, as férias coletivas adotadas pelos fabricantes no começo do ano passado explicam tamanha diferença, já que eles haviam acelerado as linhas de montagem no fim de 2011 para formar estoques de veículos com motorização Euro 3, que podiam ser fabricados só até o fim de 2011 e vendidos até março de 2012, por causa da mudança da legislação de controle de emissões de poluentes. Os modelos Euro 5 chegaram ao mercado com preços de 8% a 15% maiores que seus antecessores, por isso demoraram a ser produzidos e vendidos, enquanto os Euro 3 ainda eram comercializados.

O mercado interno registrou em janeiro 12.098 caminhões emplacados, queda de 4% ante dezembro. Na comparação com o primeiro mês de 2012 a retração é mais acentuada, de 7,1%: “Naquele período havia oferta de modelos Euro 3”, recorda Marco Saltini, vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes e Veículos Automotores (Anfavea).

A queda mais acentuada nos licenciamentos ocorreu para os modelos semileves, que tiveram 405 unidades emplacadas em janeiro deste ano, ante 579 em igual período ano passado. “A adoção da tecnologia Euro 5 teve maior impacto no preço final desses modelos”, recorda Saltini.

A exportação de caminhões é acompanhada com apreensão pela Anfavea. “Nossa percepção é de que não vai mudar”, disse o vice-presidente da entidade em relação a 2012. Em janeiro deste ano foram embarcados 1.459 caminhões, alta discreta de 3,9% ante janeiro do ano passado. O crescimento em relação a dezembro de 2012 parece acentuado, 37,8%, mas Saltini ameniza: “Isso pode ocorrer pelo atraso de um ou outro embarque no porto.”

-Veja aqui os números da Anfavea.

ÔNIBUS: PRODUÇÃO E MERCADO

O ano de 2013 começou bem para a produção de ônibus e teve o segundo melhor janeiro da história, com 3.122 chassis fabricados (o recorde é do primeiro mês de 2008, com 3.429 unidades). O programa Caminho da Escola, os projetos de implantação de veículos articulados em corredores e as compras no período pós-eleitoral favoreceram a montagem desses veículos para passageiros.

A produção de janeiro cresceu 19,5% no confronto com dezembro e 189,9% ante janeiro de 2012, quando os fabricantes concederam férias coletivas após acelerar a produção das últimas unidades Euro 3 no fim de 2011, assim como ocorreu para os caminhões.

O mercado interno teve 2.168 ônibus emplacados em janeiro, com queda de 24,9% em relação a dezembro e de 16,5% na comparação com o primeiro mês do ano passado. Contudo, os bons números de produção indicam a retomada do mercado interno já a partir deste mês.

Assista à entrevista com o vice-presidente da Anfavea, Marco Saltini, para a ABTV



Tags: Caminhões, ônibus, Anfavea, Marco Saltini, Caminho da Escola, Euro 3, Euro 5.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

Automotive Business
Avenida Iraí, 393, CJ 53, Moema, São Paulo - SP - CEP 04082-001 | Tel.: (11) 99996-1656