Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 01/02/2013 | 16h10

Librelato cresce 15% com vendas de reboques

Fabricante investe R$ 500 milhões em nova planta em Santa Catarina

REDAÇÃO AB

A fabricante de implementos rodoviários Librelato, com sede em Orleans (SC), celebra os resultados obtidos em 2012. O diretor de marketing da empresa, Pedro Bolzzoni, aponta que enquanto o mercado brasileiro de reboques e semirreboques (linha pesada) recuou em torno de 12% no ano em comparação com 2011, para 52,5 mil unidades, de acordo com dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a empresa cresceu 15%, com emplacamento de mais de 5,8 mil reboques e semirreboques. No segmento de linha leve, que inclui as carrocerias, foram 1,3 mil unidades.

“Em 2011, vendemos 6,7 mil implementos da linha leve e pesada. Em 2012, esse número subiu para 7,8 mil produtos”, diz o executivo. Ambos os negócios, somados às vendas de peças de reposição e acessórios para implementos, renderam à empresa no ano passado faturamento de R$ 480 milhões.

Quanto à participação no mercado interno, a empresa alcançou mais de 11% com a linha pesada, seu principal segmento de atuação. "Para entendermos o crescimento, em 2011 tínhamos 9% de marketshare, crescendo de um ano para outro 30%", explica Bolzzoni.

Segundo o gerente de exportação, Rafael Bett, a participação no mercado externo também tem aumentado. "A presença da Librelato no mercado externo se consolidou fortemente no último ano. Além do Brasil, a empresa possui distribuidores na Bolívia, Paraguai e Uruguai.” Bolzzoni calcula que, em 2013, 8% do faturamento global da empresa seja obtido com as exportações, incluindo negócios na Argentina e no Chile.

A expectativa da Librelato para o próximo ano, com possível recuperação do segmento de pesados no Brasil, é de crescimento em torno de 25%, com cerca de 9,8 mil reboques e semirreboques comercializados.

PLANOS

Ainda este ano, a Librelato diz que pretende ampliar as suas quatro unidades fabris (uma em Criciúma e uma Capivari de Baixo e duas em Içara, todas localizadas no sul de Santa Catarina), iniciar as operações na planta de Curitiba (PR) e implantar mais uma fábrica em Içara com investimentos de R$ 500 milhões, a qual deverá produzir implementos rodoviários e ferroviários empregando mais de mil empregados, além de abrigar um campo de provas.

A empresa, que emprega quase 1,8 mil empregados, também destinará aproximadamente R$ 1 milhão em seu programa de capacitação profissional. E pretende expandir os negócios através de uma joint venture com uma empresa europeia.



Tags: Librelato, implementos rodoviários, vendas, carrocerias, reboques, semirreboques.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência