Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 23/01/2013 | 20h01

Metalúrgicos e GM prorrogam discussões

Nova reunião ocorrerá sábado, 26

MÁRIO CURCIO, AB

A negociação entre a General Motors e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região teve um pequeno avanço na quarta-feira, 23. Os representantes dos trabalhadores apresentaram novas propostas a fim de evitar 1.598 demissões e atrair novos investimentos para a fábrica local. Segundo a entidade, pela primeira vez a GM aceitou rediscutir o corte de pessoal.

Um encontro final ocorrerá no sábado, 26, novamente no Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). “Estamos dispostos a fazer um acordo trabalhista, desde que haja manutenção de todos os postos de trabalho e contratação de funcionários, com a vinda de produção de novos modelos para a cidade. Qualquer acordo tem de partir desse patamar. Não aceitaremos demissões”, afirma o presidente do sindicato, Antonio Ferreira de Barros.

Outros pleitos e propostas apresentados pela entidade são: a permanência da montagem do Chevrolet Classic naquela fábrica; nova grade salarial com remuneração inicial de R$ 1.840 e plano de carreira; extensão da jornada no limite de duas horas diárias; trabalho em sábados alternados; pagamento de horas extras; renovação do acordo de 6 x 1 (trabalha seis dias e folga um) e daquele que prevê trabalho aos domingos, mediante pagamento de 100% de hora extra e com descanso de um dia durante a semana. As horas extras se opõem ao banco de horas desejado pela GM e provavelmente se mantêm como um dos motivos de impasse.



Tags: GM, General Motors, sindicato, metalúrgicos, São José dos Campos, Classic, Ciesp, Antonio Ferreira de Barros.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência