Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 04/01/2013 | 16h32

Mercado patina na Argentina

Em 2012 vendas recuaram 2%

PEDRO KUTNEY, AB

Após atingir resultado recorde em 2011, com 845,5 mil veículos vendidos, o mercado argentino patinou em 2012, anotando queda nas vendas de 2%, baixando para 829 mil unidades comercializadas no ano, das quais 58% foram importadas – a maior parte do Brasil. Os dados foram divulgados pela Acara, a associação dos distribuidores argentinos.

A Argentina consumiu mais do que produziu. Segundo a Adefa, a associação dos fabricantes, no ano passado foram montados no país vizinho 760 mil veículos, resultado 8% abaixo de 2011 e muito inferior às previsões do início de 2012, quando os argentinos esperavam produzir 900 mil unidades (leia aqui).

De acordo com a Acara, o segmento que sofreu o maior tombo em 2012 foi o de caminhões e ônibus, com vendas de 23 mil unidades, 11,9% inferiores às de 2011. Os emplacamentos de automóveis tiveram queda de 3%, para 643,6 mil unidades. O único resultado positivo foi anotado pelos veículos comerciais leves, com 162,3 mil licenciamentos, 4,3% maiores do que no ano anterior.

Entre as marcas mais vendidas na Argentina, a Volkswagen fechou o ano na liderança com 164,1 mil emplacamentos, mas suas vendas recuaram 5,3% e a participação de mercado caiu de 20,5% para 19,8%. A GM/Chevrolet ficou no segundo posto, com 133,6 mil unidades, resultado praticamente igual ao de 2011, mas market share maior, de 15,7% para 16,1%. Em terceiro ficou a Renault, uma das poucas que cresceram no país em 2012, com 119,6 mil veículos comercializados, avanço de 12,2% e fatia aumentada de 12,6% para 14,4%.

O carro mais vendido na Argentina em 2012 foi o VW Gol, produzido no Brasil, com 64,5 mil unidades emplacadas, número quase estável, apenas 0,57% maior do que em 2011. Em segundo está o Chevrolet Classic, feito na Argentina e também no Brasil: foram 42,5 mil licenciados, queda de 8,1% sobre o ano anterior. O terceiro mais procurado pelos argentinos foi outro produzido em ambos os países, o Peugeot 207: foram comprados 30,4 mil, recuo de 14,47% em comparação ao exercício passado.

Dos 10 carros mais vendidos no país vizinho em 2012, seis são fabricados exclusivamente no Brasil (VW Gol e Fox, Renaut Sandero, Ford Ka e EcoSport, Chevrolet Celta), dois são feitos só na Argentina (VW Suran/SpaceFox e Renault Clio) e outros dois em ambos os países (Peugeot 207 e Chevrolet Classic).



Tags: Argentina, mercado, vendas, 2012, Acara.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência