Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Legislação | 06/12/2012 | 19h02

Bosch eBike terá espaço nas bicicletas nacionais

Comissão levou ao Contran proposta que favorece a fabricante de autopeças

MÁRIO CURCIO, AB

Uma comissão apresentou ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) a proposta de um modelo de bicicleta elétrica que favorece a Bosch. Essa bicicleta deveria ter motor com potência máxima de 250 watts. E em vez de um acelerador no punho, esse propulsor seria acionado com o próprio movimento dos pedais, servindo de auxílio para reduzir o esforço do ciclista. Tudo exatamente como no eBike, equipamento produzido no exterior pela Bosch (leia aqui).

Segundo uma fonte da Abraciclo, a conhecida fabricante de autopeças está “namorando” com uma grande fabricante nacional de bicicletas para fornecer o eBike. A comissão que levou ao Contran essa proposta é formada pela Abraciclo (que reúne fabricantes de motos e bicicletas, à qual a Caloi é associada) e também pelo Metrô de São Paulo, pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), por companhias de engenharia de tráfego e outros órgãos e entidades interessados na difusão do uso da bicicleta.

Essa nova proposta de bicicleta elétrica surgiu porque os modelos elétricos convencionais vêm gerando polêmica. Do ponto de vista legal, os produtos que já estão no mercado têm características de ciclomotores, o que exigiria emplacamento, documentação e até habilitação do condutor na categoria A.



Tags: Bosch, eBike, bicicleta elétrica, Abraciclo, Simefre, metrô, CPTM.

Comentários

  • Denis

    Sou ciclista desde criança e achei fantástica a idéia... isso pode estimular muita gente a criar o gosto pelo pedal.

  • rose

    ótima idéia...aos poucos chegaremos a um pais desenvolvido... à exemplo da França e outros países, q vemo veiculo auto motor como meio de transporte , diferente daqui,,e se usa mais para se ter status,muitas vezes nem tem onde morar,,,mais tem um carro de luxo...isso é....BRASIL

  • luiz

    Ótima essa ideia

  • Marcos Guimarães

    Isto mostra o atraso do Brasil, só agora , este sistema já existe com sussesso na Europa desde 2011, espero que se aprove logo e deixem de burocracia neste pais

  • Marcos

    Gostaria que a Bosch informasse quando este sistema pode ser vendido no Brasil, essa proposta esta desde dezembro/2012, ou seja já se passaram 06 meses para resolver esta bobagem, isso é o Brasil, ou existem interesses contrários.

  • Marco Aurélio

    Bom dia, o bom seria se realmente liberassem sem os interesses CONTRARIOS,KKKKKKKKKKKKKKK, POIS BEM, ISSO NÃO SE APROXIMA MUITO DA REALIDADE BRASILEIRA, NÃO SE ANIMEM MUITO, POIS JÁ VI O PREÇO E TERÃO QUE DESEMBOLSAR UNS TRÊS MIL REAIS, MELHOR COMPRAR UM FUSCA VELHO E MAIS AINDA TÊM-SE QUE PEDALAR, O BOM SERIA UM MOTOR DA HONDA, POIS QUANDO S CANSA, PARA-SE O PEDAL E O MOTOR COMPLEMENTA O PERCURSO, TUDO NA VIDA DVE SER PENSADO ANTES DE ENGENDRADO.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência