Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Motos: produção fechará o ano com queda de 19,5%
Fábricas de Manaus montaram mais de 2 milhões de motos em 2011, mas fecharão este ano com cerca de 1,72 milhão

Duas Rodas | 06/12/2012 | 17h02

Motos: produção fechará o ano com queda de 19,5%

Para 2013, fabricantes filiados à Abraciclo estimam alta discreta, de 3,7%

MÁRIO CURCIO, AB

A produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus deve fechar o ano com queda de 19,5% em relação a 2011. A estimativa é da Abraciclo, associação que reúne fabricantes do setor. Em todo o ano passado foram montadas 2.035.124 unidades. A entidade acredita em 1,72 milhão de motocicletas para este ano.

A queda resultou na dispensa de 1.870 trabalhadores do setor entre janeiro e novembro. As fábricas empregam atualmente 14,5 mil trabalhadores, 11% a menos que em 2011. Para 2013, a associação estima pouco mais de 1,78 milhão de motocicletas fabricadas, com discreta alta de 3,7%.

O fraco desempenho de 2012 se deve à restrição ao crédito que continua afetando os compradores de motos. A Abraciclo procurou o governo e as instituições financeiras para alterar a situação, que se agravou no primeiro semestre. “Depois de tanto pedirmos ajuda ao governo, acabamos recebendo. Ela veio um pouco tarde, em outubro, pela Caixa Econômica Federal com intermédio do Panamericano e pelo Banco do Brasil. O problema é que achávamos que os bancos privados iriam acompanhar esse movimento, mas isso não ocorreu”, afirma o presidente da Abraciclo, Marcos Szaven Fermanian.

O executivo diz também que o índice de aprovação das propostas preenchidas pelos consumidores continua baixo, entre 15% e 20%. Como consequência do mercado desaquecido, as vendas no atacado (da fábrica às concessionárias) terão queda estimada em 19,8% em 2012. A associação acredita em ligeira alta de 2,4% para 2013, quando as fabricantes esperam repassar à rede 1,68 milhão de unidades.

Um número positivo que anima o setor é o das motocicletas acima de 500 cc, que somaram 46.198 unidades emplacadas em 2011 e devem alcançar 49 mil este ano, alta de 6%. As exportações tiveram crescimento ainda mais expressivo e devem somar 105 mil unidades, alta de 43% na comparação com o ano passado.



Tags: Motos, motocicletas, Abraciclo, produção, Manaus, Marcos Szaven Fermanian, Caixa Econômica Federal, Panamericano, Banco do Brasil.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência