Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado | 03/12/2012 | 20h21

Vendas somam 3,44 milhões até novembro

Dezembro deve fechar com 320 mil veículos para alcançar projeção da Fenabrave para o ano

SUELI REIS, AB

Os emplacamentos de veículos cresceram 4,81% no acumulado de janeiro até novembro na comparação com igual período do ano passado, para 3,44 milhões de unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, de acordo com dados divulgados na segunda-feira, 3, pela Fenabrave, entidade que reúne os distribuidores do setor. O resultado foi puxado pelo segmento de automóveis, cujas vendas subiram 7,59% no período, enquanto o de caminhões caiu 20,2%.

Em sua última projeção para 2012, a Fenabrave divulgou que o ano encerrará com 3,76 milhões de veículos novos licenciados (leia aqui). Para alcançar esse volume, é necessária a venda de 320 mil unidades no último mês do ano.

Isolando os segmentos, os licenciamentos de automóveis tiveram alta de 7,59% sobre o acumulado até novembro de 2011, para 2,5 milhões de unidades, enquanto comerciais leves apurou crescimento mais tímido, de 1,83% e 714,9 mil unidades. Em veículos comerciais pesados foram entregues 125,1 mil caminhões e 26,6 mil chassis de ônibus, queda de 20,26% e 14,93% respectivamente.

PENÚLTIMO MÊS DO ANO

Enquanto dezembro - e o ano - não fecham, a entidade divulga os dados de novembro: os licenciamentos atingiram 311,7 mil unidades no mês passado, volume 8,74% menor se comparado com outubro, quando foram emplacados 341,6 mil. A redução se deve em parte ao menor número de dias úteis de novembro, que teve três feriados, incluindo o da Consciência Negra, adotado em alguns municípios.

A média diária de novembro ficou em 16,4 mil unidades em cada um dos 19 dias úteis, sendo que em outubro a média chegou a 17 mil, para 20 dias úteis.

Ainda no comparativo mensal, observa-se ligeira recuperação do segmento de caminhões, o único com índice positivo no mês, com leve alta de 0,16% em novembro contra outubro, como efeito dos juros menores do Finame PSI. O juro menor que também contempla ônibus minimizou a queda do segmento, que encerrou o mês com retração de apenas 0,54% nas vendas.

Automóveis, que têm o IPI reduzido até 31 deste mês, registraram queda de 6,92% no mesmo comparativo, para 249,7 mil, enquanto comerciais leves, com 64,5 mil, recuaram 16,32%.



Tags: Fenabrave, emplacamentos, licenciamentos, vendas, automóveis, caminhões, ônibus.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência