Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

| 24/07/2008 | 00h00

Brasil contribui para resultados do Grupo Fiat

O Grupo Fiat encerrou o segundo trimestre do ano com receitas e resultado operacional mais altos de sua história, registrando crescimento pelo décimo-quarto trimestre consecutivo.

Automotive Business

O Grupo Fiat encerrou o segundo trimestre do ano com receitas e resultado operacional mais altos de sua história, registrando crescimento pelo décimo-quarto trimestre consecutivo. O Brasil, mais uma vez, contribuiu de modo importante para compensar decréscimos em outros mercados. A receita com todos os negócios atingiu € 32 bilhões no semestre, com acréscimo de 10,9% sobre o mesmo período do ano anterior. No segundo trimestre a receita atingiu € 17 bilhões, 12% acima do registrado no segundo trimestre de 2007, com uma evolução significativa nas vendas de veículos: 644,7 mil unidades, avanço de 11,4%. O Brasil cresceu 27,2% nos emplacamentos do trimestre, superado pela França (61,6%) e Alemanha (29,9%). Os negócios de máquinas agrícolas e de construção também subiram 10,6% em euros, com as marcas Case e New Holland. A Iveco conseguiu receita 7,8% maior, com destaque para a América Latina, onde a marca avançou 46,9% nas vendas. O relatório de desempenho relata como fatos notáveis o desenvolvimento de alianças estratégicas na Índia, Tailândia, Federação Russa e Sérvia, além de uma possível colaboração com a BMW no campo dos automóveis e motores. O lucro líquido do Grupo foi de € 1,073 bilhão no acumulado do semestre, com variação positiva de € 70 milhões sobre o resultado obtido em igual período do ano passado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência