Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Com o novo regime, JAC confirma fábrica
Sérgio Habib, presidente da JAC Motors para o Brasil.

Indústria | 04/10/2012 | 00h35

Com o novo regime, JAC confirma fábrica

Habib diz que decreto foi bem elaborado, beneficiando as newcomers, mas medidas são de difícil entendimento

CAMILA FRANCO, AB (COLABOROU PEDRO KUTNEY)

O presidente da JAC Motors, Sérgio Habib, confirmou na quarta-feira, 3, a construção da fábrica em Camaçari, na Bahia, prevista para entrar em operação no segundo semestre de 2014, que havia sido suspendida provisoriamente por causa da alta do IPI para importados. Durante painel do Congresso SAE 2012, em São Paulo, o executivo disse que a presidente Dilma Rousseff assinou o decreto do novo regime automotivo na própria quarta-feira e que o documento será publicado pelo Diário Oficial da União na quinta-feira, 4. “Já tive acesso ao novo regime e por ele conceder os benefícios esperados para uma fábrica de conteúdo local nova, como um índice inicial menor de nacionalização e um volume de importação por dois anos com isenção de IPI, é que teremos a fábrica da JAC no Brasil.”

Segundo o executivo, o novo regime, que pretende estimular a produção nacional e o investimento em pesquisa e desenvolvimento, foi bem elaborado, contudo é difícil de ser compreendido. “É bastante complexo e contém 36 artigos. As pessoas vão demorar para entender tudo o que está sendo exigido. E espero ao menos que ele não mude nos próximos cinco anos de vigência, deixando um tempo para que surjam resultados. Afinal, não dá para exigir do Brasil o que a Europa levou quatro anos para fazer.”

A FÁBRICA E MODELOS

Habib também disse durante o congresso que está mantido o investimento de R$ 900 milhões na fábrica nordestina, sendo que 80% deste capital será bancado por sua empresa, importadora oficial dos veículos JAC no Brasil. A previsão é de que a unidade gere 3,5 mil empregos diretos, 10 mil indiretos e tenha capacidade produtiva de 100 mil veículos por ano, em área construída de 75 mil metros quadrados.

Quatro modelo estão programados pera Camaçari: um hatchback, que dará origem a uma versão cross, depois um sedã e um SUV pequeno, nesta ordem, segundo disse pela manhã da quarta, em outro painel do Congresso, Marcelo Sorato, diretor de manufatura da JAC Motors Brasil. Embora sejam projetados sobre a mesma plataforma do J3, serão carros desenvolvidos especificamente para o mercado brasileiro. O próprio Habib acompanha de perto o desenvolvimento, com viagens constantes para aprovar design e equipamentos.

Segundo Sorato, os contratos com fornecedores devem ser firmados durante o primeiro semestre de 2013. O design definitivo das peças do novo veículo fica pronto em março do ano que vem e o começo da produção na fábrica está marcado para 1° de outubro de 2014.

Habib falou das vantagens de se ter uma fábrica de origem chinesa no Brasil: “As fabricantes chinesas, por serem novas, não são burocráticas, mas sim flexíveis e com uma tremenda capacidade competitiva. Na JAC, somos em apenas 20 engenheiros trabalhando em parceria com chineses, coreanos, que fazem cálculos numéricos dos carros, e designers italianos. E não temos nenhum comitê para aprovar nossos veículos. Levaremos no máximo dois anos para construir a fábrica e começarmos do zero as nossas operações. Agora veja a Ford, nossa concorrente em Camaçari, por exemplo. Demorou 25 meses do começo de sua obra à produção do EcoSport. Ela teve a vantagem em relação à experiência com fornecedores e operários no Brasil. Levou, inclusive, profissionais de São Bernardo do Campo para implementar um carro que já existia em uma unidade totalmente nova.”

Para agilizar sua produção, a JAC terá sistemistas alocados próximos à unidade fabril, que já foram anteriormente atraídos pela Ford. O presidente não revela com quais fornecedores já foram fechados contratos, mas citou que na China a JAC é parceira da Delphi para injeção eletrônica, da Bosch para freios ABS, da Continental para fornecimento de borrachas e da Visteon para painéis.

Habib conclui sobre como deve ser vista pelos concorrentes a vinda das chinesas ao Brasil: “Com a chegada da JAC e da Chery, com capacidade produtiva de 100 e 70 mil unidades por ano, as outras montadoras não serão afetadas. Tem mercado para todo mundo.”



Tags: Sérgio Habib, JAC, regime automotivo, decreto.

Comentários

  • Sergio Barreto

    Como podemos ter certeza que esta fabrica sera realmente instalada em Camaçari , pois sou morador desta cidade e ate agora nao sabemos o local exato onde sera instalada, pois sabemos que para iniciar uma terraplanagem deste porte , faz-se necessario uma liberacao dos orgaos competente.

  • MAROUN

    Parabéns Sr.Sergio Habib , com seu empreendedorismo tem mudado o mercado nacional de vendas de automoveis no varejo , nós brasileiros que fomos refens das quatro grandes montadoras que nos fizeram engolir por muitos anos, automóveis com baixa segurança e carente das novas técnologias e valores absurdos que não condiziam com a realidade dos produtos oferecidos. Também tem servido de inspiração para outros empreendedores, com seu modelo de gestão própria. Parabéns Jac Motors.

  • lidia dos reis cardosa

    estou muito filiz em saber que a fabrica vem pra camaçari ,e um orgulho pra nòs em saber que as orputunidade de trabalho cresi cada veis mais, sou costureira meu sonho e trabalha em uma empresa grande espero consegui faser parte da familha jac motors .ja enviem meu curiculo quando e que vão divugar as ecrição.

  • jairo vidal

    Amigos leitores O tempo ja estava se esgotando. Ainda bem que o governo entendeu e com este no Regime Automotivo, mais atraente para a captação de investidores, manutenção dos investimentos e desenvolvimento industrial fez o seu dever de casa. Resido na China, atuo no mercado automobilístico e conheço a forca, a qualidade e a seriedade da industria automobilística. O carro chines, o caminhão e o ônibus não são artigos de 1,99. Aos amigos e compatriotas brasileiros, fiquem tranquilos que em breve vocês terão opções de compra a preço e qualidade comprováveis. Jairo Vidal Automotive Consultant

  • Raimundo Nonato Vaz

    Estou bastante feliz em saber que finalmente a JAC,construirá carros no Brasil,ja era hora. Mais feliz ainda porque sou dono de JAC-3. Parabéns pela coragem, Senhor Sérgio Habib.

  • augusto carvalho

    Parabéns Sergio Habib!!!!! O Brasil sabia que vc venceria mais esta batalha. Todo o País acompanhou a sua peregrinação em prol do êxito conseguido. Temos certeza que o seu caminho continuará brilhando como seus trabalhos anteriores. Parabéns e conte com a força brasileira ao seu lado. Conte comigo!!!!!

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência