Automotive Business
  
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Legislação | 21/09/2012 | 20h05

México quer revisão de acordo automotivo

Presidente eleito propõe modificações a Dilma

REDAÇÃO AB

O México tem planos de revisar o acordo automotivo com o Brasil a partir do próximo ano. A afirmação é do presidente eleito do país, Enrique Peña Nieto, que assume em janeiro de 2013, para a presidente Dilma Rousseff durante sua visita ao País, na quinta-feira, 20. Segundo reportagem do jornal O Estado de São Paulo, Nieto deseja modificar o tratado mais uma vez para “ampliar a relação comercial” entre os dois países.

“Acredito que a melhor forma de poder dar uma solução ao tema é gerando mais incentivos, sobretudo para esse mercado, essa relação de livre mercado, buscando maior equilíbrio à balança comercial. Melhor que limitar os fluxos, é ampliar a relação comercial entre México e Brasil. Essa deve ser a visão futura”, afirmou o presidente eleito, após encontro com Dilma, segundo a publicação.

Em março, o governo brasileiro publicou uma nova versão do acordo automotivo com o México, após diversas reuniões entre seus representantes, que resultou em novas regras para o comércio bilateral de veículos leves, limitando a cotas anuais de exportação e importação. A iniciativa partiu do Brasil, devido ao déficit da balança comercial do setor com o México (leia aqui).



Tags: Acordo automotivo, cotas, México, importação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência