Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Internacional | 20/08/2012 | 20h33

Opel quer reduzir jornada de trabalho na Alemanha

Montadora busca acordo com trabalhadores

AGÊNCIA ESTADO

A Opel, unidade alemã da General Motors, está perto de fechar um acordo com trabalhadores para reduzir a jornada de trabalho de duas fábricas na Alemanha, que juntas empregam 16,5 mil operários, informou um porta-voz da empresa na segunda-feira, 20.

A GM apurou prejuízo de US$ 747 milhões nas suas operações europeias no ano passado, após o enfraquecimento da economia ter afetado a venda de carros na região. A situação obrigou as montadoras a enfrentar custos fixos elevados e excesso de produção que equivale a 10 fábricas, segundo estima a GM.

Com a demanda dos consumidores em queda, a Opel faz uso de uma cláusula nos contratos salariais para reduzir a jornada de trabalho de 35 para 31 horas semanais. Se a direção e os trabalhadores concordarem em diminuir o tempo de serviço na fábrica principal em Ruesselsheim e na unidade de componentes de Kaiserslautern, a Opel poderá pedir subsídios de um programa do governo alemão.

As negociações devem ser concluídas até a quarta-feira, 22, e ainda não está claro quantos trabalhadores serão envolvidos na medida e como as horas de trabalho serão afetadas.



Tags: Opel, General Motors, GM, trabalhadores, acordo, jornada de trabalho.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência