Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 30/07/2012 | 21h37

Chrysler lucra US$ 436 milhões e deve salvar balanço da Fiat

Vendas e preços maiores nos Estados Unidos garantem o bom resultado

REDAÇÃO AB

O Grupo Chrysler divulgou da segunda-feira, 30, que apurou lucro líquido de US$ 436 milhões no segundo trimestre, ante um prejuízo de US$ 370 milhões no mesmo período do ano passado e lucro de US$ 473 milhões no primeiro trimestre de 2012, acumulando ganho de US$ 909 milhões no primeiro semestre, segundo divulgou a agência Dow Jones. A receita do trimestre cresceu 23%, para US$ 16,8 bilhões. Sem informar o motivo, a montadora antecipou o anúncio do balanço em um dia, à frente da controladora Fiat, que deve divulgar balanço nesta terça-feira, 31.

Segundo a Chrysler, o bom resultado se deve a um aumento nas vendas e a preços maiores na América do Norte, o principal mercado da companhia. O lucro operacional, antes de impostos e despesas financeiras, ficou em US$ 755 milhões, acima dos US$ 507 milhões registrados no ano passado. O grupo fechou o segundo trimestre com US$ 12,1 bilhões em caixa, acima dos US$ 11,3 bilhões no primeiro trimestre.

No segundo trimestre deste ano, a venda global de veículos da companhia aumentou 20%, para 582 mil unidades. O aumento foi impulsionado pelo crescimento de 32% no mercado norte-americano. De acordo com a companhia, os negócios nos Estados Unidos aumentaram 24%.

Com o aquecimento nos EUA, a Chrysler aumentou sua participação no mercado norte-americano para 11,2% no segundo trimestre, acima dos 10,6% no ano passado. O aumento ocorreu, em parte, por causa de melhorias e renovações de seus modelos nos últimos 18 meses.

A fabricante norte-americana, que recebeu ajuda federal em 2009 e agora tem a italiana Fiat como acionista majoritária, também reafirmou sua projeção de lucro para 2012, de U$ 1,5 bilhão, com receita de US$ 65 bilhões. A Chrysler acredita que venderá este ano de 2,3 milhões a 2,4 milhões de veículos em todo o mundo.

O lucro da Chrysler deverá salvar os resultados do Grupo Fiat, que divulgará balanço nesta terça-feira com a incorporação dos ganhos da empresa controlada. Analistas acreditam em resultados inexpressivos da companhia italiana para o segundo trimestre, devido à baixa demanda nos mercados da Itália, Espanha e outras partes da Europa.



Tags: Chrysler, Fiat, resultado, balanço, lucro.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência