Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Balanço | 25/07/2012 | 12h22

PSA Peugeot Citroën quer gerar caixa de € 1,5 bilhão em 2015

Montadora registrou prejuízo de € 819 milhões no primeiro semestre de 2012

AGÊNCIA ESTADO

A PSA Peugeot Citroën informou nesta quinta-feira, 25, que seu plano de redução de custos deverá garantir uma geração de caixa de € 1,5 bilhão em 2015 como parte de sua estratégia para conter as perdas em meio a vendas em baixa e uma feroz competição nos mercados europeus, que a levaram a apresentar um forte prejuízo no primeiro semestre.

A segunda maior montadora da Europa em volume, depois da alemã Volkswagen, revelou prejuízo líquido de € 819 milhões no período, ante lucro de € 806 milhões no mesmo período do ano passado, e informou ter consumido € 954 milhões de seu caixa nos primeiros seis meses do ano.

A divisão automotiva da PSA, que é acompanhada de perto como um indicativo da saúde financeira da empresa, teve prejuízo operacional de € 662 milhões, abaixo dos € 700 milhões estimados pelo próprio grupo.

A receita do Grupo PSA, que também inclui um banco, a fabricante de autopeças Faurecia e outras unidades, foi de € 29,6 bilhões no primeiro semestre, 5,1% menor que em igual período de 2011, em razão de uma queda de 13% nas vendas mundiais de veículos e de uma retração de 11% na receita da divisão automotiva.

O analista Max Warburton, da Bernstein, classificou os resultados como “feios, mas menos horrorosos” do que a maioria esperava. Após a divulgação do balanço, a agência de classificação de risco Fitch reduziu sua nota para a dívida da PSA para 'BB' de 'BB+'.



Tags: PSA, Peugeot, Citroën, Volkswagen, Faurecia, Max Warburton, Bernstein.

Comentários

  • josé aparecido martins

    a marca ainda gera dúvida em termo de ins tabilidade,manutençao cara,peças demorando,consumidor em orelha em pé. voce já foi atendido,ao comprar um carro da peugeot,eles nao fazem questao de atender,parece que voce nao tem o perfil,para comprar o carro da montadora. nao fico triste em saber dessa noticia,peugeot,e chevrolet,devem rever seus valores humanos e se reciclarem junto com os automoveis e peças. a proxima que deve sofrer baixa é a renault que sirva de exemplo que a classe C,existe e ta ai. prepotencia e arrogancia.to fora.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência