Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Duas Rodas | 20/07/2012 | 14h16

Yamaha lança moto 250 Fazer Blue Flex

Primeiro modelo bicombustível da marca tem preço sugerido de R$ 11.690

MÁRIO CURCIO, AB

Três anos e meio depois de a Honda pôr à venda a primeira motocicleta bicombustível, a Yamaha lança enfim sua YS 250 Fazer na versão Blue Flex. O modelo tem preço sugerido de R$ 11.690 e conviverá, ao menos nos primeiros meses, com a Fazer a gasolina, que tem valor de tabela 3,5% mais baixo (R$ 11.279).

A Fazer é o segundo modelo mais vendido da marca e teve 13.118 mil unidades emplacadas no primeiro semestre. Apesar das modificações técnicas, a moto manteve a potência de 21 cv e o torque de 2,1 mkgf. Como ocorre com as Honda flexíveis, a nova Yamaha também não utiliza reservatório de gasolina para partidas a frio. Em dias de baixa temperatura, a fabricante recomenda que o tanque (com capacidade para 19,2 litros) tenha pelo menos quatro litros de gasolina.

A nova Fazer também foi equipada com um sistema adicional de segurança e a lâmpada Blue Flex no painel. Após dar a partida no motor, essa luz permanecerá acesa se o sistema de segurança entrar em funcionamento. Nessa situação, o piloto deverá aguardar a luz se apagar antes de engatar uma marcha. Caso o condutor engate uma marcha com a luz acesa, o motor morrerá.

Na linha Yamaha, a YBR 125 Factor é atualmente o produto de maior volume (44.995 unidades no primeiro semestre), mas ainda não foi dotada de sistema bicombustível porque seu motor é alimentado por carburador. Para tornar-se flexível, teria de receber injeção eletrônica, que resultaria em aumento no custo final. A Fazer já utilizava injeção eletrônica.



Tags: Honda, Yamaha, Fazer, YBR, Factor, Blue Flex.

Comentários

  • nara johely

    maravilhoso,tudo de bom,pois sou uma consumidora do produto,sei que acada ano só haverá melhoras,nossa marca é única,motos economicas,confortaveis e peças duradoras.parabéns pela inovação da nova fazer flex

  • Alexandre

    A novidade na Yamaha 250 vem em boa hora, é mais uma opção para o usuário de motos neste modelo e cilindrada, porém as inovações na linha das 125 cilindradas já esta demorando demais a ser feita pela Yamaha. Tenho uma XTZ 125, uso todos os dias para trabalhar, e gostaria de ter uma alternativa como 125 ou 150cc com alguns avanços relacionados ao conforto do assento e melhor velocidade final por exemplo. Pois apeser de minha moto já estar bem rodada, não troco por outra XTZ que ofereça apenas o mesmo que a minha 2005 oferece. Atenciosamente Alexandre Monteiro

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência