Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 19/06/2012 | 19h29

Azul testa biocombustível de cana-de-açúcar

Amyris, Embraer e GE são parceiras do projeto

REDAÇÃO AB

A Azul Linhas Aéreas realizou na terça-feira, 19, um voo experimental com um biocombustível produzido a partir da cana-de-açúcar. Produzido pela Amyris, o bioquerosene promete reduzir em 82% as emissões de dióxido de carbono em relação ao combustível de origem fóssil. O projeto, batizado de Azul+Verde, conta ainda com a parceria da Embraer e da GE.

A aeronave escolhida para o teste foi um jato E195, que saiu do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro (RJ), para Viracopos, em Campinas (SP). Depois do voo de demonstração, a Amyris pretende avançar na aprovação internacional e na venda do querosene menos poluente. Nesta terça-feira, 19, a Gol também realizou um teste com biocombustível (leia aqui). O bioquerosene usado pela companhia foi produzido a partir de uma mistura de óleo de milho não comestível proveniente da produção de etanol e óleos e gorduras residuais.



Tags: Azul, biocombustível, bioquerosene, Amyris, aviação.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência