Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Transportes | 14/06/2012 | 23h40

Curitiba quer biodiesel em 100% do transporte público

Intenção é cumprir a meta em 10 anos

GIOVANNA RIATO, AB | Do Rio de Janeiro (RJ)

O prefeito de Curitiba (PR), Luciano Ducci, impôs uma meta desafiadora para a cidade. Ele quer que o município elimine o uso de diesel comum do transporte público nos próximos 10 anos. A intenção é substituir completamente o combustível por biodiesel. “À medida que a frota for envelhecendo, substituiremos os veículos por modelos mais ecológicos”, explicou na Rio+20 durante apresentação do ônibus híbrido da Volvo que circulará na capital paranaense.

O processo já começou. Desde 2009 a cidade conta com a Linha Verde, 32 unidades articuladas que são abastecidas apenas com biodiesel obtido a partir da soja. Ducci estima que a frota seja responsável por transportar 80 mil pessoas por dia. Para este ano já está programado um aumento da linha para 40 veículos.

Outra aposta é no chassi híbrido que começou a ser produzido pela Volvo no Paraná este mês. O município investiu R$ 26 milhões na aquisição de 60 unidades, que vão rodar na cidade a partir de agosto. Os ônibus combinam um motor elétrico com um a combustão, que será abastecido apenas com biodiesel. O modelo promete reduzir em 30% o consumo de combustível e em 90% as emissões de CO2 na comparação com a versão apenas a combustão Euro 3.

A decisão do prefeito de Curitiba se assemelha ao que foi determinado na cidade de São Paulo, que vai eliminar o uso de combustíveis fósseis do transporte público até 2018. O município ainda não definiu quais serão as suas novas fontes de energia, mas vem testando uma série de tecnologias. Uma das apostas é o diesel de cana-de-açúcar.



Tags: Curitiba, biodiesel, combustível, sustentabilidade, Rio+20.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência