Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Trabalho | 24/05/2012 | 18h12

PLR da GM São José passa dos R$ 15 mil

Conquista depende da produção de mais de 410 mil carros

REDAÇÃO AB

Os metalúrgicos da General Motors de São José dos Campos (SP) aprovaram, em assembleia nesta quinta-feira, 24, a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) 2012. O valor pode chegar a R$ 15.335,86. O acordo superou em 12% o valor obtido em 2011. A antecipação será paga este mês e vai injetar R$ 52,2 milhões na economia da cidade do Vale do Paraíba.

Pelo acordo, os trabalhadores precisarão produzir 6% menos veículos em relação a 2011 para atingir as metas estipuladas pela montadora. Os objetivos previstos para 2012 irão variar de 355 mil a 410 mil carros, o que representa 25 mil unidades a menos que em 2011. Para que 100% das metas sejam atingidas, 385 mil carros terão de ser produzidos.

ASSIM FICOU O ACORDO:

Se forem produzidos 355 mil carros (80% das metas), os trabalhadores receberão R$ 9.706,26;
Em caso de produção de 385 mil carros (100% das metas), os metalúrgicos receberão R$ 12.134,08;
Se forem feitos 410 mil carros (120% das metas), a PLR será de R$ 14.560,90;
Acima desse volume, a PLR pode chegar a R$ 15.355,86.

A antecipação foi fechada em R$ 6,6 mil para cada um dos 7.922 trabalhadores. A segunda parcela será paga em janeiro de 2013. Se 120% das metas forem atingidas, serão injetados ao todo R$ 115 milhões. Para chegar ao acordo foram realizadas seis rodadas de negociações entre os Sindicatos de São José dos Campos e de São Caetano do Sul e a General Motors.



Tags: General Motors, GM, São José dos Campos, metalúrgicos, São Caetano do Sul.

Comentários

  • eduardo

    e o plr na mercedes em 2012 ahahahaha cadê eu não votoo em pt

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência