Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias
Peugeot 208 sedã terá outro nome: 301
Sedã 301 é produzido em Vigo, na Espanha, e estará em setembro no Salão de Paris

Lançamentos | 24/05/2012 | 17h03

Peugeot 208 sedã terá outro nome: 301

Montadora reinventa nomenclatura de seus carros

MÁRIO CURCIO, AB

A Peugeot revelou as imagens do sedã 301, carro que inaugura o uso de uma nova política de mercado e nomenclatura dos modelos da marca francesa. Não serão usados mais números crescentes, conforme são lançadas novas gerações de um modelo, como ocorreu, por exemplo, com a evolução do 307 para o 308.

Os Peugeot com final 1 têm diferenças de projeto ou conteúdo em linha com a estratégia de expansão global da empresa, pois serão vendidos em novos mercados emergentes nos quais a marca pretende ganhar participação, como Brasil, Rússia, Turquia e outros.

O 301 equivale, contudo, à versão sedã do 208 e não do 308. O primeiro local de produção será Vigo, na Espanha, e o lançamento mundial está previsto para o Salão de Paris, em setembro deste ano. As vendas começam em 1º de novembro na Turquia. Mais tarde será comercializado na Europa Central e Oriental, Rússia, Ucrânia, Grécia, Oriente Médio, países do Golfo, da África e em países da América Latina - o Brasil está nessa fila.

Peugeot

O 301 mede 4,44 metros e tem porta-malas com capacidade para 506 litros. A distância entre eixos é de 2,65 metros. Como comparação, um Toyota Corolla mede 4,54 metros, mas tem porta-malas e entre-eixos menores (470 litros e 2,6 metros, respectivamente). O carro terá três motores, um 1.6 diesel e dois a gasolina, 1.2 e 1.6.

A Peugeot não confirma a venda do carro no Brasil, mas é possível que ele seja produzido por aqui, a exemplo do hatch 208. Um dos motores prováveis é o flex 1.6 EC5, que no hatch 308 vendido aqui rende até 122 cv com etanol (veja aqui).

O propulsor 1.2 a gasolina está em fase de homologação. É um três-cilindros concebido para redução de consumo e emissões. Esse mesmo projeto tem uma versão 1.0. Entre os equipamentos para o modelo haverá programa eletrônico de estabilidade, freios com sistema ABS e até quatro airbags. Ar-condicionado automático, sensor traseiro de estacionamento, som com MP3, Bluetooth e conexão USB também estão na lista de itens do novo sedã.

NOVOS BATISMOS: PARA EXPLICAR OU CONFUNDIR

Ainda sobre as novas regras para nomear seus futuros projetos, a Peugeot explica que não irá mais mudar seus números quando forem renovados (como ocorreu, por exemplo, com o 206, que passou por 207 e hoje é 208). Por aí, pode-se dizer que o 308 jamais se tornará 309.

A montadora acredita que a manutenção dos números vai simplificar a compreensão e identificação do carro. O zero central, que serve para mostrar que se trata mesmo de um Peugeot, será mantido. Dois zeros (como no 3008) indicam carrocerias mais altas.

O primeiro algarismo (2, 3 ou 4, por exemplo) continuará indicando o segmento do modelo (quanto mais alto, maior), independentemente do mercado em que for vendido. A utilização do dígito final 1 foi explicada pela montadora como “uma resposta a novos desafios e ambições”, traduzida em expansão para mercados emergentes. Outra regra sobre a nova nomenclatura reza que os modelos remanescentes com final 7 receberão o algarismo 8.

Por esses novos critérios, já é possível prever confusão para o Brasil: se mantido à venda, nosso 207 (que na verdade é um 206 com algumas melhorias e dianteira semelhante à do 207 que foi vendido na Europa) poderá virar 201 para distinguir-se do 208, que também será montado aqui.



Tags: Peugeot, 301, 308, Vigo, Espanha, emergentes, Salão de Paris, Grécia, Magreb, Oriente Médio, América Latina, Toyota Corolla, montadora, EC5, Flexstart, Bosch.

Comentários

  • Diego Barros

    Parabéns a Peugeot! Já tive carro da marca e nunca concordei com a mudança de nome nas atualizações de veículos.

  • Cecilia

    Tomara a Peugeot passe a fabricar esse modelo 301 também aqui no Brasil, pelas fotos o modelo é maravilhoso, imponente e de classe. Tenho um sedan 207 e com certeza o 301 será minha próxima aquisição, (bolso permitindo é claro). Parabéns a Peugeot.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência