Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 14/05/2012 | 12h42

Cofipe cria cartão fidelidade

Clientes Iveco têm limite pré-aprovado para utilizar em serviços de pós-venda

REDAÇÃO AB

A Cofipe, concessionária Iveco que pertence ao Grupo Comolatti, criou um programa de fidelização que oferecerá um cartão com limite pré-aprovado de R$ 5 mil para utilização em serviços de pós-venda na rede de concessionárias em todo o País ao cliente que adquirir um caminhão da marca em uma de suas revendas. A ação, segundo a empresa, surge como forma de garantir a agilidade na pesquisa de cadastro e outros procedimentos realizados para a liberação do crédito ao consumidor.

“Muitas vezes, a tramitação da aprovação de crédito é morosa, o que acaba estendendo o prazo para a execução dos serviços, principalmente se o motorista é de outra localidade”, informa o diretor da Cofipe, Airton Vieira. “Com o cartão e limite pré-aprovado os clientes podem ter o seu crédito facilitado na compra de peças e realizar serviços nas oficinas da rede da Iveco em qualquer região do Brasil e também ter prioridade no agendamento nas oficinas da Cofipe, além de descontos especiais na compra de peças e na realização de serviços”, acrescenta.

O cartão é válido por dois anos contados a partir da aquisição do veículo. “A ação poderia ser adotada por toda a rede da marca Iveco, composta por 106 concessionárias, já que será um facilitador de acesso ao crédito para os consumidores”, comenta o executivo.

A Cofipe tem três unidades na região metropolitana da capital paulista, sendo duas localizadas nas regiões norte e leste e uma em Guarulhos.



Tags: Cofipe, Iveco, fidelização, pós-venda, concessionárias, crédito.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência