Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Negócios | 02/05/2012 | 00h00

Armstrong será o novo presidente da Ford Brasil

Marcos de Oliveira deixa o cargo em junho

Redação AB

Redação AB

Em nota divulgada nesta quarta-feira, 2, a Ford informa que Marcos de Oliveira (foto), presidente para o Brasil e Mercosul, anunciou a intenção de se aposentar, depois de mais de 28 anos de serviços dedicados à empresa. Ele deixará a companhia a partir de 30 de junho. Steven Armstrong, COO da Getrag Ford Transmissions na Alemanha, assumirá a presidência da Ford Brasil em 1º de junho.

Oliveira foi nomeado presidente da Ford Brasil e Mercosul em fevereiro de 2007. Sob sua liderança, a operação da companhia na América do Sul obteve lucro em 33 trimestres consecutivos. O executivo, que continuará a trabalhar com sua equipe durante um período de transição, começou a carreira na divisão de Componentes Automotivos da Ford em 1984, progredindo nas áreas de engenharia, manufatura e administração geral. Assumiu posições na Espanha, Estados Unidos, África do Sul e México antes de voltar ao Brasil.

Steven ingressou na Ford em 1987, trabalhando em compras, estratégia e em posições de administração geral na Jaguar, Auto Alliance International e Ford Europa antes de se tornar COO na Volvo Car Corporation.



Tags: Ford Motor, Marcos de Oliveira, Steven Armstrong, Getrag, Auto Alliance International, Volvo Car Corporation.

Comentários

  • Cláudia Romeu

    Um sonho que virou pesadelo Ford Ka Péssimo carro Ford Ka não compre ou vão se arrepender , até hoje tento chegar na diretoria para fazer valer meus direitos mas não consigo .. Então tenho que ficar com a bomba relógio ..

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência