Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 26/04/2012 | 00h50

VW Fox BlueMotion começa em R$ 36.730

Versão recebeu modificações e ficou 10% mais econômica

Mário Curcio, AB

Mário Curcio, AB

A chegada da linha 2013 Volkswagen trouxe a versão BlueMotion do Fox. O carro custa cerca de 3% a mais que o carro convencional. Tem preço de R$ 36.730 na versão duas portas, R$ 38.300 com quatro portas e vem sempre equipado com motor 1.6 Flex. “Ele deve responder por 6% do mix de vendas da linha Fox”, acredita o gerente de marketing da montadora, Henrique Sampaio. Apenas um quinto desses BlueMotion terá duas portas.

Vale dizer que essa versão tem sistema de partida a frio convencional, com reservatório de gasolina. Não traz o sistema FlexStart, da Bosch, presente no Polo BlueMotion: “Nosso maior objetivo era mesmo reduzir consumo. Essa tecnologia (FlexStart) ainda é cara, o aumento de sua demanda (pela utilização na linha Peugeot 308) não foi suficiente para baixar seu custo”, afirma Sampaio.

O Fox Bluemotion utiliza esse nome por causa de modificações que o tornaram 10% mais econômico em consumo de combustível: “Acredito que conseguimos metade dessa economia com a mudança de pneus e o restante se dividiu entre as melhorias aerodinâmicas e o reescalonamento da transmissão”, afirma o engenheiro da Volkswagen, José Luiz Loureiro. Segundo a montadora, o motor também foi recalibrado, mas rende os mesmos 104 cv quando abastecido com etanol.

O Fox BlueMotion utiliza pneus nacionais Goodyear 175/70 R14 . Eles são dois centímetros mais estreitos que os convencionais e receberam maior quantidade de sílica na composição para redução da redução da resistência ao rolamento. E a pressão foi bastante aumentada. A calibragem traseira passou de 28 para 34 PSI e a dianteira, de 29 para 36 PSI. “O uso de pressões elevadas é uma tendência na Europa, até porque o piso lá é melhor. Um Passat, por exemplo, emprega quase 40 PSI”, recorda Loureiro.

Os amortecedores do Fox foram recalibrados para reduzir (em parte apenas) a aspereza decorrente do uso de pneus tão cheios. Para melhorar a aerodinâmica, o Fox BlueMotion recebeu mudanças na grade do radiador e na abertura do para-choque, além de defletores na tampa traseira e nas caixas de roda posteriores.

Automotive Business percorreu quase 60 quilômetros com um Fox BlueMotion abastecido somente com gasolina e instrumentado para medição de consumo, rodando entre 90 km/h e 100 km/h com ar-condicionado desligado e vidros fechados.

De acordo com a instrumentação instalada, o carro fez 21,25 km/litro. Um valor muito próximo (21,2 km/litro) foi indicado no painel no painel pelo computador de bordo, item de série que também informa o momento ideal de trocar as marchas. Neste mesmo percurso, um Fox 1.6 convencional fez 16,5 km/litro, revelando diferença superior aos 10% informados pela VW.

Entre os itens mais desejados nessa faixa de preço, somente a direção hidráulica faz parte da lista. Ar-condicionado, vidros e retrovisores elétricos são opcionais.

O primeiro VW nacional a utilizar o logotipo BlueMotion foi o Polo, em abril de 2009. A palavra blue (azul em inglês) remete aos elementos naturais a ser preservados, a água e o ar. O azul também é a cor corporativa da Volkswagen.



Tags: Fox, BlueMotion, VW, Volkswagen, Henrique Sampaio, José Luiz Loureiro, Goodyear, Polo.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência