Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 24/04/2012 | 20h45

Odacir Klein assume a câmara setorial de biodiesel

Meta é aumentar o uso do biocombustível no País

Agência Estado

Agência Estado

O ex-ministro ministro dos Transportes Odacir Klein tomou posse nesta terça-feira, 24, como novo presidente da câmara setorial de oleaginosas e biocombustíveis do Ministério da Agricultura. A posse ocorreu durante reunião ordinária da câmara, com a presença do ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho. Uma das prioridades do novo presidente será promover ampla discussão para criar um novo marco regulatório do setor, com o objetivo de aumentar a mistura obrigatória do biodiesel no diesel fóssil, atualmente em 5%.

Klein afirmou que o aumento da mistura irá estimular a diversificação de matérias-primas e o incentivo à agricultura familiar, vinculados à melhor qualidade ambiental e de saúde pública. O ex-ministro disse que durante a reunião o coordenador da Comissão Executiva Interministerial do Biodiesel, Rodrigo Rodrigues, apresentou estudo propondo o aumento da mistura para 10% até 2020. A proposta será analisada pelos diversos ministérios que tratam da questão e quando os estudos forem concluídos o governo federal encaminhará um projeto de lei com o novo marco regulatório para o Congresso Nacional.

Klein, que desde 2007 preside a União Brasileira do Biodiesel (Ubrabio), explicou que a capacidade instalada de produção é atualmente de 7 bilhões de litros por ano. Para atender à mistura de 5% as indústrias produzem 2,6 bilhões de litros por ano, que corresponde a 37% da capacidade instalada.



Tags: Biodiesel, biocombustível, Ministério da Agricultura, biocombustível, Odacir Klein.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência