Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 17/04/2012 | 21h30

Rio Grande do Sul terá fábrica de caminhões da chinesa Shiyan Yunlihong

Fabricante investirá R$ 185 milhões em Camaquã

REDAÇÃO AB

Texto atualizado em 24/05/2012

A fabricante chinesa de veículos comerciais Shiyan Yunlihong Industrial and Trade Company assinou nesta terça-feira, 17, protocolo de intenções com o governo do Rio Grande do Sul para a instalação de uma fábrica em Camaquã, ao sul do Estado. Em cerimônia oficial no Palácio Piratini (foto), em Porto Alegre, representantes da companhia confirmaram o investimento de R$ 185 milhões, com previsão de geração de 200 empregos na implantação e 455 postos de trabalho na operação industrial, segundo informações da assessoria de imprensa do governo gaúcho divulgadas no fim da tarde.

De acordo com a presidente da montadora chinesa, Lian Bing Yun, o projeto para a primeira planta brasileira da empresa prevê a montagem, já em 2013, de comerciais leves e caminhões médios, com gradativa nacionalização de componentes. “Fizemos uma opção técnica por Camaquã, por questões de logística e de suprimentos”, afirmou. Os municípios de Santa Maria e Tapes também foram visitados pelos chineses. Lian ressaltou que ficou bem impressionada com o que viu em Santa Maria e que indicará a localização a outros grupos: “Na China, manteremos reuniões com outros investidores e relataremos as potencialidades apresentadas por esta cidade”, garantiu.

A empresa chinesa estima que, no prazo de 60 a 90 dias, esteja em condições de começar a operar no Brasil e, em dez meses, possa erguer as suas instalações em uma área de 100 hectares escolhida em Camaquã. “A previsão é de que em um ano e meio a fábrica entre em operação, inicialmente com uma produção de 5 mil veículos por ano, com a meta de atingir 20 mil unidades em cinco anos”, explicou a executiva. Segundo ela, o Rio Grande do Sul deve responder por 20% das vendas, outros Estados ficarão com 60% da produção e outros 20% serão exportados para países da América Latina e África.

SETOR ESTRATÉGICO

O secretário estadual do Desenvolvimento e Promoção de Investimento (SDPI), Mauro Knijnik, revelou que os primeiros contatos da Shiyan Yunlihong ocorreram no início de dezembro de 2011. “Após as primeiras informações encaminhadas, sobre infraestrutura, logística e vantagens competitivas, foram realizadas duas reuniões na Sala do Investidor com os empresários envolvidos”, relatou, em referência ao sistema de atendimento às empresas dispostas a investir no Estado.

Knijnik lembrou que a indústria automotiva é um dos 22 setores estratégicos da política industrial do Estado, lançada em março passado. Nesse sentido, ganhou relevância atrair investimentos para produção de caminhões e tratores, aproveitando a tradição do Estado nesse segmento, com muitos fornecedores locais.



Tags: Shiyan Yunlihong, Dongfeng, Rio Grande do Sul, Camaquã, fábrica, caminhões, China, investimento.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência