Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias
Com queda de juro, financiamento de veículos no Banco do Brasil  cresce 33% de um dia para outro

Financeiras | 13/04/2012 | 19h50

Com queda de juro, financiamento de veículos no Banco do Brasil cresce 33% de um dia para outro

Banco liberou R$ 16 milhões em novos contratos só na quinta-feira, 12

Agência Estado

Agência Estado

A redução de juros promovida pelo Banco do Brasil nesta semana já provocou aumento no volume de empréstimos da instituição. A liberação de recursos para o financiamento de veículos, por exemplo, cresceu 33% na quinta-feira, primeiro dia de vigência das novas taxas, na comparação com o período antes do anúncio. O BB emprestou R$ 16 milhões nesta linha na quinta-feira, 12, ante a média diária de R$ 12 milhões antes do corte, segundo informou o banco à Agência Estado.

O corte de juros do BB foi anunciado no último dia 4. O banco cortou juros em segmentos como financiamento de veículos, crédito consignado e crédito direto ao consumidor (CDC). Para a compra de carros, a taxa mínima caiu para 0,99% ao mês.

Nas linhas de crédito para aposentados e pensionistas do INSS, os desembolsos subiram da média de R$ 3,1 milhões por dia antes do corte para R$ 9,5 milhões na quinta-feira. Outra linha que registrou aumento foi o BB Crediário, que tinha média diária de R$ 350 mil e na quinta-feira chegou a R$ 805 mil.

Ao reduzir os juros dos bancos públicos, o governo quer estimular os privados a também reduzir. Na quinta-feira, o HSBC foi a primeira instituição privada a anunciar redução de juros em algumas linhas para pessoa física.



Tags: Banco do Brasil, BB, veículos, banco, financiamento, juros.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência