Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 13/04/2012 | 19h27

McClure, CEO da Meritor, toma o pulso do mercado brasileiro

Executivo visitou a MAN e depois Suspensys e Master na Automec

Paulo Ricardo Braga, Automotive Business

Paulo Ricardo Braga, AB

A queda nas vendas de caminhões no Brasil no primeiro trimestre chegou a assustar o presidente mundial e CEO da Meritor, Chip McClure (na foto, no centro, de camisa branca). Acostumado a receber com frequência notícias positivas sobre a operação brasileira, ele já sabe que a receita da operação local será reduzida de 10% a 15% no ano fiscal que termina em setembro, por efeito das vendas empacadas com a mudança da legislação de emissões no País para Euro 5.

No período da Automec Pesados, de 10 a 14 de abril, McClure veio ao País tomar o pulso do mercado e ouvir de seus parceiros de negócios sobre a retomada das compras de veículos comerciais pesados na região, a maioria dos quais carrega na traseira os eixos trativos da Meritor. O executivo esteve em reunião com Roberto Cortes, CEO da MAN Latin America, em São Paulo, onde viu os planos para o parque de fornecedores da fabricante em Resende (RJ), que terá plantas da Meritor e Suspensys. McClure esteve depois ao lado da fábrica, em Resende, para a cerimônia de lançamento da pedra fundamental do novo empreendimento (leia aqui).

VISITA À RANDON NA AUTOMEC

A agenda do presidente da Meritor incluiu na quinta-feira, 12, na Automec Pesados, uma visita ao estande da Empresas Randon, que abrigou as empresas do grupo, Suspensys, Fras-le, Master e Jost. O interesse era especial: a Suspensys e a Master são joint ventures entre Meritor e Randon, em partes iguais, sediadas em Caxias do Sul (RS), e têm registrado desempenho expressivo na região.

McClure ouviu de Esdânio Pereira, diretor da Master, os avanços no programa para lançamento de freios ABS, até o final do ano, como resultado de um acordo com a sueca Haldex, que permitirá a manufatura, comercialização e assistência técnica a sistemas ABS para freios pneumáticos aplicados a veículos comerciais pesados. A nova legislação brasileira exigirá que reboques e semirreboques com PBT maior que 57 toneladas fabricados em 2013 sejam equipados com sistemas antibloqueio de freios (ABS), alcançando 100% dos equipamentos produzidos a partir de 2014.

Maior fabricante de freios a ar para veículos comerciais e rebocados do Brasil, com 1,3 mil funcionários, a Master nasceu em 1986. A empresa participou da feira com soluções como o freio S Came 325mm HD, freio a disco Elsa, câmara HO, sistemas de atuação (válvulas pneumáticas) e componentes para o mercado de reposição.

Gelson Dalberto, diretor da Suspensys, tratou da sinergia, no parque de fornecedores da MAN, com a Meritor, que receberá da empresa gaúcha componentes a serem integrados a seus sistemas. Fundada em 1997, a Suspensys é fornecedora de sistemas de suspensão e componentes para as principais montadoras de caminhões, ônibus e implementos rodoviários, exportando para outros continentes, em conjunto com a Randon e a Meritor. A empresa levou à Automec a linha de tambores de freio, cubos de roda, suportes fundidos, conjuntos de braço tensor, rolamentos, pinos balancim, retentores e buchas do braço tensor.



Tags: Meritor, Randon, Suspensys, Master, freios ABS, eixos, cardãs, suspensões, caminhões.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência