Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia e Engenharia | 27/03/2012 | 16h57

PSA Peugeot Citroën foi o maior depositante francês de patentes

Registros de 2011 se concentram em segurança e emissões

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

Pelo quinto ano consecutivo, a PSA Peugeot Citroën foi a maior depositante francesa de patentes, com 1.237 delas registradas somente em 2011. O ranking foi publicado nesta terça-feira pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) da França.

As novas patentes se inserem, segundo o grupo, em um processo de inovação contínua para criação de veículos menos poluentes e mais seguros. Um foco em particular é o controle de emissões por causa da introdução da norma Euro 6 na Europa e de todas as tecnologias que contribuem para limitar as emissões de CO2.

Somente o motor a gasolina de três cilindros EB, lançado no mercado europeu no novo Peugeot 208, teve 52 patentes registradas. Destas, 17 estão relacionadas ao desenvolvimento de um novo cabeçote criado para reduzir significativamente o tamanho do motor e contribuir também para a redução de peso, favorecendo o baixo índice de emissões do veículo.

“Manter esse nível de patentes em um contexto de crise econômica atesta nosso compromisso em preservar uma política de propriedade industrial dinâmica. Esse desempenho, confirmado nos últimos cinco anos, demonstra o engajamento dos 17 mil técnicos e engenheiros do grupo”, diz Marc Duval-Destin, diretor mundial de pesquisa e engenharia avançada da PSA Peugeot Citroën.



Tags: PSA, Peugeot Citroën, INPI, Marc Duval-Destin, Peugeot 208.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência