Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Máquinas Agrícolas | 16/03/2012 | 19h25

KGC investe R$ 4 milhões em nova sede

Empresa distribui máquinas e equipamentos de construção da Hyundai no Brasil

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A principal distribuidora de máquinas e equipamentos de construção da Hyundai no Brasil, a KGC, investirá R$ 4 milhões em nova sede na cidade de Osasco, localizada na região metropolitana da Capital Paulista, com 16 mil metros quadrados para abrigar o showroom completo de equipamentos, peças de reposição e oficina, além da área de administração geral.

Há seis anos no mercado, a KGC, que pertence ao Grupo Brasil Máquinas de Construção (BMC), projeta aumentar seu faturamento em 14% este ano, para R$ 167 milhões, e espera vendas acima de 530 equipamentos. A empresa respondeu por 30% do faturamento da BMC no ano passado. Além da KGC, a BMC representa no Brasil as outras multinacionais do setor de construção, como a Merlo, Link Belt Cranes, XCMG, Zoomlion, Shantui, e Daemo.

“Nossa empresa cresceu 37% (em número de equipamentos vendidos) no último ano e a excelente resposta do mercado nos dá ânimo para continuar nosso trabalho com o objetivo de aumentar a variedade de equipamentos da marca Hyundai”, afirma em nota o presidente da KGC e vice-presidente da BMC, Christiano Kunzler (foto).

REFORÇO LOCAL

Até o fim deste ano a Hyundai inicia a produção de suas máquinas e equipamentos para construção em nova fábrica que está sendo erguida no município de Itatiaia, RJ, cuja capacidade beira as 5 mil unidades/ano.



Tags: KGC, BMC, máquinas de construção, equipamentos, Hyundai, XCMG.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência