Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Financeiras | 16/01/2012 | 16h10

Anefac: juros para financiamento de automóveis caem em dezembro

Taxa fica em 2,18% ao mês, queda de 0,9% sobre novembro

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A taxa de juros do crédito para o financiamento de automóveis recuou 0,9% em dezembro na comparação com novembro, de 2,20% para 2,18% ao mês, informou nesta segunda-feira, 16, a Anefac, Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade. No mesmo comparativo, a taxa reduziu de 29,84% para 29,54% ao ano.

O resultado é parte da pesquisa mensal da associação sobre linhas de crédito para pessoas físicas e jurídicas. No geral, a taxa média de juros cobrada das pessoas físicas nas operações de crédito recuou de 6,67% em novembro para 6,58% em dezembro, a menor da série histórica da entidade, que teve início em 1995.

Todas as linhas de crédito para pessoas físicas apresentaram retração nas taxas, exceto a de cartões de crédito, que ficou estável em 10,69% ao mês. Para as empresas, juros também foram menores em dezembro, passando de 3,98% ao mês em novembro para 3,87% no mês passado, a menor desde fevereiro de 2011.

Em nota, a Anefac atribui a queda às medidas do Banco Central e do Ministério da Fazenda para incentivar o consumo, como a redução da Selic para 11% e do IOF nas operações de crédito. A expectativa da associação é que novas reduções sejam feitas nos próximos meses, tanto nos juros cobrados de consumidores como os das empresas.



Tags: Anefac, crédito, IOF, Selic, CDC.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência