Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 05/01/2012 | 12h49

China ganha posto de maior mercado da Audi em 2011

Recorde de vendas ultrapassa as 300 mil unidades

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A China tornou-se o maior mercado da Audi no mundo em 2011. A empresa estabeleceu novo recorde ao entregar 313 mil unidades no ano passado, um aumento de 37% sobre as vendas do ano anterior. É a primeira vez que a montadora ultrapassa a marca de 300 mil unidades vendidas naquele país.

“Este cenário superou mais uma vez nossa previsão de vendas. Particularmente no segmento premium a China está fazendo progressos muito saudáveis e continua a oferecer um potencial de crescimento muito bom”, comentou em comunicado Peter Schwarzenbauer, membro do conselho de marketing e vendas da Audi AG.

Os modelos importados somaram 57.888, crescimento expressivo de 89% na mesma base de comparação enquanto que os produzidos localmente chegaram a 252.000, alta de 29%.

Entre os modelos produzidos na China, o destaque é o modelo A6, cuja nova geração chegará ao mercado no primeiro semestre deste ano: foram vendidas 113.232 unidades no período, aumento de 52% sobre 2010. Já nos importados o Q7 teve 19.063 unidades entregues, expressivo crescimento de 70%, seguido pelo A8L, cuja alta foi de 153%, para 12.425 unidades.

A Audi está aumentando suas operações na China para atender o aumento da demanda. Em dezembro passado a empresa anunciou o aumento da capacidade de produção no país com a expansão da joint venture FAW-Volkswagen e a construção de mais uma fábrica (leia aqui).



Tags: Audi, China, premium, capacidade produção, FAW, Volkswagen.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência