Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Energia | 21/12/2011 | 07h24

EPE comemora avanço em projetos de eólicas

Transmissão ainda é problema a ser resolvido

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Agência Estado

Artigo da Agência Estado, assinado por André Magnabosco e Luciana Collet, informa que o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, acredita que os projetos eólicos incluídos no leilão A-5 devem ficar prontos antes do prazo. A concorrência realizada nesta terça-feira, 20, prevê a entrega de energia elétrica a partir de janeiro de 2016.

"A eólica é uma fonte que fica pronta em dois anos, por isso muito provavelmente os projetos ficarão prontos antes", projetou. "O problema maior é fazer a rede de transmissão", complementou.

O leilão de energia proveniente de 39 projetos eólicos no último certame de 2011 foi comemorado por Tolmasquim. O executivo, entretanto, fez questão de destacar que a participação de projetos eólicos deve ser analisada com ressalvas. "Não podemos achar que a conseguiremos resolver (a questão de fornecimento de energia do País) só com eólica. Em algum momento vamos precisar entrar com usinas de base", afirmou, referindo-se a projetos hidrelétricos e térmicos.

O leilão A5 negociou 555,2 MW médios, atendendo a 100% da demanda das concessionárias de distribuição para 2016, informou a EPE. Do volume total, cerca de 80%, ou 452,4 MW médios, são provenientes de projetos eólicos, num total de 39 usinas.



Tags: EPE, Maurício Tolmasquim, eólicas, energia elétrica.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência