Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Motociclos | 19/12/2011 | 15h52

2011 pode fechar como o melhor ano para as motocicletas

Emplacamentos estão a menos de 83 mil unidades do recorde estabelecido em 2008

Mário Curcio, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Mário Curcio, AB

O ano de 2011 pode terminar com recorde de emplacamento de motos. Até a primeira quinzena de dezembro já haviam chegado às ruas 1.841.267 motocicletas zero-quilômetro. Se na segunda quinzena forem emplacadas 84.247 unidades será igualado o atual recorde, ocorrido no ano de 2008, quando chegaram às ruas 1.925.514 unidades. Os números do Renavam foram obtidos pela Fenabrave, federação que reúne as associações de concessionárias.

Um levantamento mostra que desde 2008 a segunda quinzena de dezembro tem sido melhor que a primeira em emplacamentos de motos, mesmo com o Natal caindo em um dia da semana (entre segunda e sexta-feira). E como o nascimento de Jesus é comemorado este ano no próximo domingo, é bem provável que a segunda metade deste mês supere as 94.237 motos emplacadas na primeira quinzena.

O desempenho da Honda permanece muito à frente das concorrentes locais. As quatro motos mais vendidas no Brasil levam sua marca. A fabricante detém mais de 78% do mercado, bem distante da Yamaha, segunda colocada com menos de 12%. Em terceiro no ranking geral vem a Dafra, seguida muito de perto pela Suzuki, que renovou sua linha de 125 cc e pode recuperar em 2012 o posto que era seu até o ano passado.

Nas vendas no atacado (do fabricante para as concessionárias), o período janeiro-novembro de 2011 já ultrapassou os 12 meses de atacado de 2008.



Tags: Emplacamentos, 2008, Renavam, Fenabrave, primeira quinzena, segunda quinzena, Honda, Yamaha, Dafra, Suzuki, 125 cc.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência