Automotive Business
  
Siga-nos em:

Notícias

Ver todas as notícias

Política e Legislação | 30/11/2011 | 11h11

Governo deve anunciar estímulos ao crédito até a próxima semana

Restrições podem ser retiradas para acelerar a atividade econômica

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Agência Estado

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, informou na quarta-feira, 30, que o governo deve anunciar, "no máximo até a semana que vem", medidas para estimular o crédito no País. "O que estamos discutindo e a Fazenda está preparando tem mais a ver com crédito. Vamos levantar um pouco as restrições de crédito que tinham sido feitas no início do ano, as tais medidas macroprudenciais", afirmou, após participar da solenidade de abertura da Conferência Américas +10.

Pimentel lembrou que o Banco Central (BC) já relativizou algumas destas medidas, mas afirmou que novas alterações serão realizadas. "Porque varejo é basicamente crédito", disse o ministro.

Preocupado com a perda de dinamismo da atividade econômica, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, reuniu-se nos últimos dias, em São Paulo, com empresários e representantes de entidades ligadas à indústria e ao varejo. Mantega prometeu, por exemplo, anunciar medidas de redução tributária para o setor têxtil.

Pimentel disse que há várias ações que podem ser feitas na área do crédito, além de redução de tributo. "Pode aumentar o prazo, pode tirar a entrada no crédito ao consumidor, tem muita coisa que pode ser feita", disse.



Tags: Crédito, Banco Central, Fernando Pimentel, macroprudenciais.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência