Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia e Engenharia | 16/11/2011 | 16h34

Fiat assina acordo para desenvolver tecnologias com Inmetro

Pimentel, do MDIC, e Belini, da Fiat, selaram convênio em Betim.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


João Jornada, presidente do Inmetro; Fernando Pimentel, ministro do MDIC; Cledorvino Belini, e presidente da Fiat Chrysler América Latina

Redação AB

Fernando Pimentel esteve na fábrica da Fiat Automóveis, em Betim, nesta quarta-feira, 16, para prestigiar a assinatura de acordo entre o Inmetro e a montadora. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior foi recebido por representantes da Fiat Chrysler América Latina, entre os quais Cledorvino Belini, presidente, Paolo Ferrero, diretor de engenharia de powertrain e Giuseppe Mosca, diretor adjunto de recursos humanos. Foram ao encontro também João Jornada, presidente do Inmetro, e Romeu Daroda, coordenador de projetos do instituto.

O acordo, que inclui a FPT Industrial, representa evolução de protocolo assinado em fevereiro e recebe R$ 4 milhões para trabalhos de cooperação técnico-científica, intercâmbio de informações e programas no campo de combustíveis e lubrificantes, materiais e nanotecnologia, prestação de serviços e aprendizado.

O programa prevê uma extensa relação de atividades:

* desenvolvimento de óleo vegetal como combustível de motores diesel.
* pesquisa de fluidos de corte para usinagem de engrenagem de transmissões.
* caracterização de um veículo comercial equipado com motor movido a biodiesel B30.
* eliminação da fosfatização em componentes da transmissão C513, reduzindo os riscos de impactos ambientais no processo produtivo.
* redução do tempo para obtenção do catalisador degradado, por meio da caracterização físico-química do componente.
* estudo de alternativas para redução do atrito interno em motores da família Fire.

Representantes do Inmetro ministrarão cursos para engenheiros da Fiat Powertrain e FPT Industrial, que utilizarão os laboratórios e equipamentos do instituto. "Precisamos incorporar cada vez mais conhecimento científico à produção. Este convênio representa uma demanda efetiva da indústria. Temos que trazer a competição para os laboratórios de pesquisa", justificou Pimentel.

“Este acordo é apenas o primeiro passo de uma longa caminhada que pretendemos realizar em conjunto com o Inmetro", observou Belini, destacando o esforço do ministro para consolidar os investimentos em pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico como bases para a inovação e a competitividade industrial.

O executivo da Fiat Chrysler esclareceu que entre os projetos a serem desenvolvidos no futuro estão o desenvolvimento de motor do ciclo Otto, que apresente melhoria significativa de eficiência energética, e um programa de incentivo à formação de jovens engenheiros para atuação prioritária no setor automotivo.

João Jornada, presidente do Inmetro, entende que a parceria representa uma contribuição direta do instituto no processo de inovação da indústria automobilística. "É uma importante experiência prática para refinar os mecanismos de apoio às empresas brasileiras, com ênfase na inovação pela incorporação de conteúdos científicos e tecnológicos", resumiu.



Tags: Fiat Chrysler, FPT Industrial, Inmetro, MDIC, powertrain, pesquisa.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência