Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 31/10/2011 | 15h27

Brasil confirma quinto lugar em vendas de veículos

País está abaixo apenas de China, Estados Unidos, Japão e Alemanha

Mário Curcio, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

O Brasil firma-se como quinto país em vendas mundiais de veículos, atrás de China, Estados Unidos, Japão e Alemanha (confira quadros abaixo). A informação vem da Jato Dynamics, empresa espealizada em dados estatísticos do setor automotivo, e toma por base os números de vendas de automóveis e comerciais leves entre janeiro e setembro deste ano (no caso da China, somente automóveis).

A China teve 10,3 milhões de carros de passeio vendidos no período, alta de 7,5% na comparação com os mesmos meses de 2010. A Alemanha, que figura na lista logo acima do Brasil, teve 2,56 milhões de veículos comercializados, com alta de 11,3% ante o periodo janeiro-setembro do ano passado. O país nórdico nos superou, desde o início do ano, em 38.448 automóveis e comerciais leves.

A marca mais vendida de janeiro a setembro, ainda segundo a Jato, foi a Volkswagen, com 3,79 milhões de automóveis e comerciais leves, seguida de Toyota, com 3,62 milhões, e Ford, com 3,56 milhões. “A ambição do Grupo Volkswagen era assumir a liderança mundial até 2018, porém deverá haver uma antecipação, terminando 2011 já na primeira posição, ultrapassando as americanas General Motors e Ford, além da japonesa Toyota, que vinha se destacando na liderança”, afirma o diretor-presidente da Jato Dynamics do Brasil, João Carlos Rodrigues.



Tags: Jato Dynamics, China, Estados Unidos, Japão, Alemanha, João Carlos Rodrigues.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência