Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Eventos | 24/10/2011 | 17h06

Fenatran abre as portas para o público em clima otimista

Feira acontece no Anhembi até o dia 28

Giovanna Riato, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Giovanna Riato, AB

Depois de receber a imprensa para adiantar as novidades no domingo, 23, a Fenatran abriu as portas para o público nesta segunda-feira, 24, no pavilhão de exposições do Anhembi em São Paulo (SP). A mostra de veículos comerciais, que segue até o dia 28, ocupa mais de 100 mil metros quadrados entre espaço de exposição e a área disponibilizada para testes dos caminhões apresentados pelas montadoras no evento.

O presidente da Anfavea, Cledorvino Belini, aproveitou a cerimônia de abertura do evento para destacar que o Brasil já ocupa o quarto lugar no ranking dos maiores fabricantes mundiais de veículos de carga, com um novo recorde de produção previsto para este ano, de 180 mil caminhões. O avanço para a fase P7 do Proconve, equivalente à norma Euro 5, coloca o País em posição mais competitiva diante dos outros mercados. “Vamos nos equiparar aos padrões internacionais. Essa mostra é uma síntese do esforço contínuo da indústria para desenvolver tecnologia”, defendeu o dirigente, aproveitando a presença das autoridades.

O comentário agradou o secretário-executivo do MDIC, Alessandro Teixeira, presente na cerimônia de abertura da feira. O representante do ministério começou seu discurso destacando a parceria do governo com o presidente da Anfavea e a importância do setor para a economia nacional. “A cadeia de transporte e logística tem apresentado crescimento significativo. É uma grande geradora de emprego e renda e nós temos um compromisso”, afirma. Segundo ele, só para o próximo ano há R$ 4 bilhões em investimentos anunciados por empresas do segmento no País.

Renovação de frota

O discurso do presidente da NTC, Fávio Benatti, na abertura da Fenatran não ficou limitado apenas a comemorar o aquecimento do mercado e o avanço para outra etapa da legislação de emissões para veículos comerciais. O dirigente destacou a necessidade de criar um programa de renovação de frota, com expansão do crédito para o setor que transporta mais de 60% de toda a carga movimentada no País.

Benatti ressalta que o País tem certa de 270 mil caminhões com mais de 30 anos e em torno de 600 mil com mais de 20 anos. “Estes veículos precisam ser retirados do mercado. Eles têm tecnologia ultrapassada, poluem mais e ainda atrapalham a mobilidade”, analisa. O presidente da entidade ressalta que o projeto deveria ser realizado em paralelo com um programa de reciclagem dos modelos antigos.



Tags: Fenatran, evento, caminhão, veículos comerciais, Euro 5, Proconve P7.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência