Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Caminhões e Ônibus | 21/10/2011 | 12h42

Lucro líquido da Scania cresce 19% no ano

América Latina, Oriente Médio e Rússia impulsionam resultado

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

A Scania apurou aumento de 19% no lucro líquido obtido no período de janeiro a setembro, para € 787 milhões, informou a empresa na sexta-feira, 21. O CEO da fabricante sueca, Leif Östling, afirmou em comunicado que em geral os negócios no período se apresentaram em um nível satisfatório, principalmente em mercados da América Latina, Oriente Médio e Rússia, entretanto, apontou desaceleração em algumas regiões, principalmente em países do sul europeu.

"Os clientes hesitaram em fazer encomendas, principalmente devido à expectativa de menor atividade econômica."

Para a Europa, a empresa afirmou que ainda continua necessária a substituição dos veículos devido ao envelhecimento da frota. "Em função da situação econômica incerta, a Scania está preparada para tomar medidas se a demanda for ainda mais prejudicada." (leia aqui)

Sobre o Brasil, o executivo comentou que há incerteza a respeito da demanda durante a primeira metade de 2012 devido à introdução de caminhões preparados para a norma de emissões equivalente à Euro 5.

Por aqui, a Scania tem amargado índices negativos ao longo do ano no segmento de caminhões. Até setembro suas vendas acumuladas recuaram 9,7% sobre mesmo período de 2010, para 9,8 mil unidades, segundo a Anfavea. Já para ônibus seus resultados foram expressivamente melhores, com aumento de 71% no mesmo comparativo, para 831 chassis.



Tags: Scania, lucro, resultado.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência