Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Autopeças | 01/12/2008 | 00h00

Ford investe no Campo de Provas de Tatuí

O Campo de Provas da Ford, em Tatuí, SP, promoveu um programa de modernização e cresceu nos últimos anos com investimentos em pessoal, pistas e equipamentos.

Automotive Business

O Campo de Provas da Ford, em Tatuí, SP, promoveu um programa de modernização e cresceu nos últimos anos com investimentos em pessoal, pistas e equipamentos. “Acompanhamos a evolução da engenharia brasileira” – explica Nilton Monteiro, gerente da unidade que tem papel decisivo para dar ao Brasil o status de centro de criação de veículos da Ford. O centro realiza por ano mais de 5 milhões de quilômetros de testes de segurança veicular, emissões e validação de desempenho, economia de combustível, conforto e qualidade de carros e caminhões Ford. Os 4,66 milhões de m2, com áreas administrativas, laboratórios, oficinas para a construção e montagem de protótipos, abrigam 50 km de pistas, dos quais 40 km não-pavimentados viabilizam testes de durabilidade, corrosão acelerada, poeira, comportamento fora-de-estrada (veículos 4x4) e avaliações dinâmicas. Os 10 km de pistas pavimentadas incluem área de frenagem, pista de nível sonoro, pistas de colinas, barreira de impacto, cabines de corrosão, banheira e chuveiro de água salgada, pista de sal e rampas com até 30% de inclinação, para análises de conforto, estabilidade e durabilidade. No laboratório de emissões (credenciado pelo Inmetro) são feitos testes para determinação de emissões de poluentes, desenvolvimento e calibração de motores, homologações de veículos, controle de qualidade da produção e acompanhamento da durabilidade de componentes relacionados às emissões. Monteiro destaca, entre outros equipamentos, o dinamômetro de chassi mais moderno do mundo, para testes de alta velocidade (até 250 km/h) e durabilidade de emissões. Acoplado a um robô que acelera, ele freia, aciona a embreagem e troca marchas, além de abastecer automaticamente o veículo com combustível. Isso permite que o carro rode até 23 horas/dia, ininterruptamente, sem a necessidade de operadores e os riscos inerentes aos testes de alta velocidade.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência