Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Lançamentos | 17/10/2011 | 21h50

RCZ: mais um carro de imagem da Peugeot

Cupê feito na Áustria chega por R$ 139,9 mil

PEDRO KUTNEY, AB

A Peugeot acrescenta este mês mais um carro de imagem à sua gama vendida no Brasil: o belo cupê RCZ fabricado na Áustria, que chega por R$ 139,9 mil e expectativas reduzidas de vendas – 15 por mês, se tanto. Inicialmente, a Peugeot trouxe 200 unidades (menos de duas para cada uma de suas 152 concessionárias no País), que espera vender até o fim do ano. “Depois disso vamos ver como se comporta o mercado. Traremos o quanto for necessário”, diz o diretor de marketing Frederico Battaglia.

Ao contrário do que acontece com outro carro de imagem da Peugeot, o crossover 3008, cujo volume destinado ao Brasil é limitado a 250 unidades/mês e causa filas de espera, para o RCZ não há limitação de importações, segundo a marca. Contudo, o preço coloca o cupê no andar de cima do mercado brasileiro, onde as vendas mal passam da casa da centena por ano. Em compensação, para esse tipo de modelo esportivo não se encontra competidores nacionais e nada mais em conta entre os importados. Fazendo uma comparação direta com o talvez único concorrente por aqui, o Audi TT – aliás, com o qual o RCZ se parece muito –, o cupê franco-austríaco custa R$ 56,1 mil a menos do que os R$ 196 mil pedidos pelo carro alemão.

Resta saber se o preço menor do RCZ será capaz de superar aqui a falta de prestígio da Peugeot nessa seara já bem semeada por outras marcas. Mas talvez o cupê sirva ao menos para construir imagem, pois é o que Peugeot tem a mostrar por ora. A marca francesa passa por um momento de sofrimento no País: com falta de lançamentos de modelos de volume, este ano suas vendas de automóveis recuaram 5% de janeiro a setembro, em comparação com o mesmo período de 2010.

Imagem caprichada



Ao menos na aparência o RCZ cumpre sua função: suas belas linhas causam boa impressão. O cupê compacto 2+2 (significa que os dois assentos traseiros são bem apertados) foi apresentado como carro conceito em 2008, e dois anos depois passou a ser fabricado sobre a plataforma 2 da Peugeot (a mesma do hatch médio 308). O RCZ é produzido sob encomenda pela Magna Steyr, em Graz, na Áustria – onde a sistemista de origem canadense mantém há tempos uma linha de montagem especializada na fabricação de modelos de baixo volume. Desde então a Magna já montou mais de 30 mil unidades, que foram exportadas para cerca de 80 países.

O desenho do RCZ oferece uma arquitetura admirável e original: a dupla ondulação do teto e do vidro traseiro, o design das lanternas traseiras e dos dois arcos de alumínio são as características mais marcantes. No interior, os bancos dianteiros são esportivos e dois traseiros quebram o ganho no caso da necessidade de levar um ou dois passageiros extras em curtas distâncias, mas podem ser rebatidos para ampliar a capacidade do porta-malas, 321 a 639 litros.



Powertrain desenvolvido com a BMW

O RCZ vem equipado com motor 1.6 Turbo High Pressure (THP), com injeção direta de gasolina, que produz 165 cavalos de potência e 24,5 mkgf de torque, aliado a uma caixa de câmbio automática sequencial de seis velocidades. O conjunto do trem-de-força foi desenvolvido na parceria que a Peugeot mantém com a alemã BMW e segue a tendência de downsizing: baixa cilindrada com turboalimentação, que garante elevada potência e consumo menor. Em conjunto com o powertrain esperto, o peso controlado com uso de materiais leves (como o capô de alumínio), eficiente penetração aerodinâmica (coeficiente 0,32), centro de gravidade rebaixado (ele tem 1,36 m de altura), aerofólio móvel e rodas de 18 polegadas garantem o desempenho do pequeno cupê.

Na lista de itens de série do RCZ estão: controle de tração inteligente (ASR) integrada ao ESP, freios com ABS, quatro airbags (dois frontais e dois laterais), hill assist (ajuda a partida em aclives), faróis de xenon duplo direcionais, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro, ar-condicionado digital com controle de temperatura duplo, para-brisas acústico e sistema de som de alta fidelidade JBLTM.

O RCZ será vendido no Brasil em uma única versão de acabamento e garantia de três anos, sem limite de quilometragem, e revisão com preços fixos.



Tags: Peugeot, RCZ, Magna, BMW.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência