Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 21/09/2011 | 20h28

Tribunal do Chile aprova fusão entre TAM e LAN

Companhias deverão cumprir condições sobre tarifas e milhagem

Agência Brasil

Daniella Jinkings, Agência Brasil

O Tribunal de Livre Concorrência do Chile (TDLC) aprovou nesta quarta-feira, 21 a fusão entre a companhia aérea brasileira TAM e a empresa chilena LAN Airlines. No entanto, a operação só poderá ser concluída se as empresas cumprirem onze condições impostas pelo tribunal, entre as quais a extensão dos benefícios do programa de passageiros das companhias aéreas por cinco anos; a imposição de limites para aumentos de tarifas e passagens aéreas e para aumento de fornecimento mensal de lugares em voos.

A nova empresa precisará operar pelo menos 12 voos de ida e volta, semanais, entre o Chile e os Estados Unidos e terá de manter, por sete semanas, voos operando diretamente, ida e volta sem parar, em rotas entre o Chile e a Europa.

De acordo com o TDLC, as medidas visam a garantir uma concorrência efetiva no mercado aéreo chileno e, enquanto isso não acontece, é uma forma de proteger os consumidores dos efeitos da fusão. As empresas ainda não se pronunciaram sobre as exigências. “Como a resolução do TDLC é complexa e considera uma série de medidas de mitigação, as duas companhias estão analisando cuidadosamente o teor da decisão. Assim que finalizada essa análise, TAM e LAN divulgarão seu posicionamento”, disse a TAM, em nota.

Anunciada em agosto de 2010, a fusão da TAM com a LAN criará a Latam Airlines Group. Atualmente, a TAM lidera o mercado brasileiro, com 44,43% do transporte aéreo nacional, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). No Chile, a LAN é a maior companhia aérea em operação.



Tags: TAM, LAN Airlines, fusão, Tribunal de Livre Concorrência do Chile, Cade.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência