Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 04/09/2011 | 23h15

Volvo preocupada com o aumento dos salários

Pressão pode aumentar depois que Renault anunciou alta de 20%

Giovanna Riato, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Giovanna Riato, AB, de San Pedro de Atacama, Chile

Os 5,7 mil trabalhadores diretos da fábrica paranaense da Renault comemoraram na semana passada quando a montadora fechou com o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba aumento salarial real de até 20,1% entre 2011 e 2013. A notícia, no entanto, não foi tão boa para a Volkswagen e a Volvo, que têm fábricas instaladas no Estado e podem enfrentar mais pressão nas próximas campanhas salariais depois do generoso acordo da montadora francesa.

Durante o lançamento da nova geração dos caminhões VM, em San Pedro de Atacama, Chile, Roger Alm, presidente da Volvo Brasil, mostrou preocupação com o assunto. “O problema é que este custo está subindo muito rapidamente”, avalia. Reservado, o executivo afirmou que a companhia ainda não pensou nos próximos reajustes.

Apesar da preocupação, Roger afirma estar satisfeito com o desafio de conduzir a operação nacional. Há um ano e meio no Brasil, o dirigente detecta boas oportunidades na região. “Temos muito para crescer aqui”, aposta. Com passagens por diversos países desde que está na empresa, o presidente destaca uma particularidade dos negócios no mercado interno. “Aqui o relacionamento é muito importante, bem mais do que lá fora”, observa.

Mesmo sem falar português, ele não demonstra enfrentar dificuldade para se adaptar à característica local. Nas mãos do executivo, as vendas de caminhões da marca sueca aceleraram 29,9% no acumulado de janeiro a agosto deste ano sobre o mesmo período de 2010, para 12,3 mil unidades. Com a alta, a montadora saltou do quinto para o quarto lugar no ranking das maiores do País e abocanhou mais de um ponto percentual em participação, para ficar com uma fatia de 10,7%.



Tags: Volvo, salário, Roger Alm.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência