Automotive Business
  
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 02/09/2011 | 22h00

Fenabrave mantém projeções para 2011

Entidade espera por desaceleração do crescimento

Pedro Kutney, Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Pedro Kutney, AB

Ao contabilizar os emplacamentos de agosto (o melhor da história), a Fenabrave manteve suas projeções para 2011. A associação dos distribuidores continua apostando em crescimento de 6,2%, totalizando 3,7 milhões de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. A estimativa é levemente mais otimista do que a da Anfavea, a associação dos fabricantes, que prevê avanço de 5%.

Para automóveis e comerciais leves especificamente, a Fenabrave espera aumento de 5,9% nos emplacamentos este ano, somando 3,5 milhões de unidades. Já o setor de caminhões deve contabilizar 185 mil veículos, com evolução de 17,7%, enquanto o segmento de ônibus crescerá 11,4%, para 31 mil unidades. Para o mercado de motocicletas a entidade projeta expansão de 12,1%, com 2 milhões de novos motociclos vendidos em 2011.

Desempenho

A evolução do mercado vem comprovando as projeções da Fenabrave. De janeiro a agosto foram emplacados no País 2,37 milhões de veículos leves e pesados. O crescimento no acumulado dos oito primeiros meses do ano é de 8% sobre o mesmo período de 2010, com tendência de queda das vendas daqui por diante, segundo as previsões. “Não vejo nada preocupante nisso. É preferível crescer percentualmente um pouco menos para evitar desajustes à frente”, avalia Sergio Reze, presidente da Fenabrave. “Vamos crescer menos, mas o importante é que continuamos crescendo.”

A queda já teria sido sentida em agosto, quando foram emplacados 327,4 mil veículos, se o mês não tivesse dois dias úteis a mais do que julho, lembrou Reze.

Veja os resultados de emplacamentos por segmento:

• Automóveis e Comerciais Leves – Crescimento de 7,53% nos oito primeiros meses do ano em comparação com 2010, saltando de 2.077.350 unidades para 2.233.757 veículos. No mês passado, os emplacamentos aumentaram 6,9%, com 307.824 unidades comercializadas em agosto, contra 287.967 em julho.

• Caminhões – 114.796 unidades vendidas nos primeiros oito meses do ano, contra 98.671 unidades no mesmo período de 2010, em alta de 16,34%. No mês, o crescimento foi de 5,85%, com 16.442 caminhões em agosto, ante 15.534 em julho.

• Ônibus – As vendas evoluíram 19,06% no comparativo entre os acumulados deste ano e de 2010, passando de 18.666 unidades para 22.224. O resultado de julho para agosto também foi positivo, com crescimento de 14,63%, para 3.127 unidades, contra 2.728.

• Motos – O volume de vendas aumentou 10,74% na comparação entre os acumulados de janeiro a agosto, saltando de 1.137.542 unidades para 1.259.743. O desempenho também foi positivo de julho para agosto, passando de 160.182 para 181.363 emplacamentos, em alta de 13,22%.

• Implementos Rodoviários – O segmento registrou acréscimo de 7,25% de janeiro a agosto sobre o mesmo período de 2010, saltando de 36.818 unidades para 39.486. Comparando o desempenho mensal, o setor apresentou ligeira retração de 0,11%, diminuindo de 5.304 em jilho para 5.298 em agosto.

• Máquinas Agrícolas – As vendas se retraíram 8% comparando o acumulado deste ano com o de 2010, passando de 40.204 unidades para 36.987 máquinas negociadas no varejo. O resultado de julho para agosto foi positivo: 5.310 unidades, contra 4.851, numa alta de 9,46%.



Tags: Fenabrave, concessionárias, vendas, desempenho.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência