Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 01/09/2011 | 20h10

Petrobras produz 108 milhões de litros de biodiesel no Ceará

40 mil agricultores familiares fornecem matéria-prima

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Agência Estado

Cerca de 40 mil agricultores familiares já fornecem matéria-prima para a produção de biodiesel na usina de Quixadá da Petrobras Biocombustível, no Ceará. A informação é do presidente da empresa, Miguel Rossetto, que esteve na usina para comemorar os três anos de operação da unidade, que abastece seis Estados do Nordeste com biodiesel. Além do Ceará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba também são abastecidos com o biocombustível cearense.

Rossetto disse, em entrevista à Agência Estado, que este ano a Petrobras Biocombustível irá comprar 9 mil toneladas de mamona de pequenos produtores familiares do Ceará. As compras da oleaginosa começaram esta semana na região. Segundo ele, serão investidos R$ 10 milhões na correção de solo e outros R$ 4 milhões em melhorias tecnológicas na usina.

A usina integra o parque produtor de biodiesel da empresa, incluindo usinas próprias e unidades em parceria, que juntas têm capacidade total de produzir cerca de 700 milhões de litros por ano. A usina Quixadá está produzindo 108,6 milhões de litros anuais. “O Brasil tem um outro pré-sal de energia renovável e esta unidade tem contribuído para que a Petrobras Biocombustível possa seguir na sua rota de crescimento”, disse.

Segundo ele, a usina também contribui para o desenvolvimento regional. A companhia fornece sementes certificadas e assistência técnica, além de garantir a compra da produção. Essas ações incrementam o processo de transferência de conhecimento e tecnologia, agregando valor e renda para as atividades dos parceiros.

Além disso, a usina também começou a utilizar óleos e gorduras residuais das áreas urbanas da cidade de Quixadá para a produção de biodiesel. Até o momento, 167 toneladas já foram processadas.



Tags: Petrobras, biodiesel, biocombustível, Ceará, mamona.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência