Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Financeiras | 23/08/2011 | 10h14

Banco Mercedes teve melhor julho da história

Financiamento de 1.988 veículos somou R$ 372,34 milhões.

Automotive Business

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Redação AB

O Banco Mercedes-Benz registrou o melhor julho de sua história no Brasil, com R$ 372,34 milhões liberados ao mercado para financiamentos de veículos. O bom resultado no mês passado, que entrou para o ranking como o terceiro melhor da instituição no País, leva Angel Martínez, diretor comercial a fazer projeções positivas. "A demanda de veículos comerciais deve continuar aquecida. Queremos avançar nos financiamentos ampliando Finame TJLP e CDC e integrar seguros".

As operações de julho de 2011 cresceram 3% em comparação com o mesmo mês de 2010, quando foram negociados R$ 360,06 milhões. Foram financiados 1.988 veículos novos da marca, dos quais 33% caminhões; 30%, ônibus ; 23%, vans; 14% automóveis Mercedes e Smart. O financiamento de vans obteve destaque, com R$ 11,65 milhões liberados em julho de 2011 contra R$ 6,19 milhões no mesmo mês de 2010, elevação de 88%.

O CDC (Crédito Direto ao Consumidor) foi o produto com maior crescimento em julho, com R$ 96,84 milhões. A alta foi de 257% em relação julho de 2010, quando foram negociados R$ 27,13 milhões. Do total financiado pelo Banco no período, a modalidade representou 26%.

O BNDES Finame foi o produto mais procurado e absorveu R$ 275,50 milhões, 74% dos novos negócios do banco em julho de 2011. Em comparação a 2010, quando foram financiados R$ 330,13 milhões, ocorreu uma queda de 17%. “A baixa foi registrada em razão do investimento cada vez maior em CDC pela instituição, com produtos formatados especialmente para as necessidades dos clientes”, afirma Martínez.

A carteira do Banco Mercedes-Benz fechou julho com R$ 7,71 bilhões, alta de 18% sobre o mesmo mês do ano passado. Do total registrado em julho desse ano, o BNDES Finame representa 79%; o Leasing, 6%; o CDC, 12%; o Floorplan, 2%; e o CDC Serviços, Capital de Giro e Empréstimo Pessoal, 1%.

A Seguros Mercedes-Benz encerrou o período com R$ 2,03 milhões em seguros, crescimento de 115% em relação a igual mês de 2010, quando obteve R$ 942 mil em negócios na área.

Nos sete meses de 2011, o Banco Mercedes-Benz alcançou R$ 2,23 bilhões em novos negócios, alta de 13% em relação a igual período de 2010, com R$ 1,98 bilhão liberado. De janeiro a julho foram financiados 12.040 veículos Mercedes-Benz zero-quilômetro.



Tags: Banco Mercedes-Benz, Angel Martínez, Smart, CDC, leasing, Finame.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência