Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Energia | 14/08/2011 | 10h24

Fiesp lança campanha por energia mais barata

Preço do MWh poderia cair de R$ 90,98 para R$ 20,69, diz estudo.

Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Automotive Business, com Agência Estado

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) decidiu usar toda sua artilharia para convencer o governo de que a licitação das concessões do setor elétrico, que vencem a partir de 2015, é a forma mais vantajosa para reduzir o custo da energia no País.

A entidade lançou no domingo, 14, amanhã uma campanha publicitária para mostrar que a realização de leilões para escolha de novos concessionários é uma alternativa que representaria um custo de um quinto em relação à renovação dos contratos, que pode custar R$ 1,17 trilhão aos consumidores nos próximos 30 anos.

Os anúncios de página dupla têm como título “A energia brasileira é uma das mais caras do mundo, quando tem tudo pra ser a mais barata” e convidam para assinatura de manifesto no site da entidade.

“Quem defende a renovação é a parte interessada nesse processo, ou seja, as empresas. A sociedade, que é a parte diretamente atingida, está à margem do processo de decisão. Por isso, iniciamos a campanha mostrando o efeito da decisão do governo na conta de luz”, afirma Paulo Skaf, presidente da Fiesp.

Em estudo elaborado sobre o tema, técnicos da entidade argumentam que, se o governo leiloar todas as concessões que vencerão dentro de quatro anos, o preço médio da energia cobrada pelas hidrelétricas poderá cair dos atuais R$ 90,98 por megawatt-hora (MWh) para R$ 20,69 MWh. Isso porque os investimentos feitos para construir as usinas já foram quitados (amortizados), o que permitiria uma forte redução do preço da eletricidade produzida. A Fiesp calcula que as tarifas poderiam cair até 20% com os leilões. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.



Tags: Fiesp, Paulo Skaf, energia elétrica, hidrelétricas, licitações.

Comentários

  • Benedito Sergio de Oliveira

    Minha fatura de energia do mes de fevereiro com vencimento em março, não observei nenhum desconto.

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência