Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Tecnologia e Engenharia | 12/08/2011 | 18h49

25 empresas querem produzir tablets no Brasil

Mercadante diz que conteúdo local será de 80% em 3 anos

Agência Brasil

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Alana Gandra, Agência Brasil

O governo federal já tem 25 empresas interessadas em produzir tablets no Brasil. Dessas, nove já estão praticamente licenciadas. Foi o que revelou nesta sexta-feira, 12, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante, depois de ser empossado como presidente do Conselho de Administração da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), órgão vinculado ao ministério.

Mercadante citou, entre as empresas de capital nacional e estrangeiro, a Apple, Motorola, Samsung, Semp Toshiba, Positivo, Itautec e LG. O ministro acredita que, com a desoneração de 31% de impostos federais e, em alguns casos, dos municipais e estaduais, a exemplo do que ocorre na Zona Franca de Manaus, a consequência será a obtenção de preços competitivos, beneficiando o consumidor.

A oferta do produto já será uma realidade no próximo Natal, estimou Mercadante. “Vamos ter, no Natal, muitas opções de qualidade, de preço, de formato."

Mercadante explicou, ainda, que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação está trabalhando também para “adensar” a cadeia produtiva. Segundo ele, o tablet que será produzido no país terá 25% de conteúdo nacional, no primeiro ano, e 80% em três anos. “Se nós levarmos esse modelo para celulares e para televisores e exigirmos mais conteúdo e memória, nós trazemos semicondutores para serem produzidos no Brasil nessa área”.



Tags: Tablets, Aloizio Mercadante, Finep, Apple, Motorola, Samsung, Semp Toshiba, Positivo, Itautec, LG.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência