Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Motociclos | 27/07/2011 | 18h50

Motocicletas grandes continuam mandando bem

Segmento com cilindrada de 601 cc em diante mostra alta superior a 115%

Mário Curcio, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Mário Curcio, AB Nesta quarta-feira 27 comemora-se o Dia do Motociclista, mas quem está soltando rojões mesmo são as fábricas e importadores de motos grandes. Automotive Business descobriu dados relevantes sobre o segmento de alta cilindrada, a ser divulgados pela Abraciclo, entidade que reúne fabricantes de motos. Entre 2006 e 2010, as motos com cilindrada entre 601 e 950 cc passaram de 6.995 unidades para 15.068, alta de 115,4%.

Neste mesmo período, o segmento de maior volume, entre 101 e 150 cc, passou de 1.074.892 para 1.504.436, alta de 39,9%. Os revendedores BMW andam rindo sozinhos. As vendas de suas motos saltaram de 505 unidades em 2006 para 3.507 em 2010, alta de 594,4%.

Nosso mercado é mesmo importante para a marca alemã, já o Brasil é o único país fora da Europa a ter uma linha de produção de motocicletas BMW. Desde 2009, a G 650 GS é montada em Manaus e outros dois modelos além deste entraram em linha por lá, a F 800 R e a F 800 GS (foto). A operação é feita dentro da fábrica da Dafra.

Por causa desses dois modelos recém-nacionalizados, a Caltabiano, quinta maior revenda de motos BMW no mundo, acredita que as vendas cresçam acima de 30% nos próximos meses. “Com a montagem da F 800 R e da F 800 GS e a redução de cerca de 30% do valor das motos, a previsão é de um fim de 2011 bem positivo.”



Tags: BMW, Dia do Motociclista, Manaus, Dafra, G 650 GS, F 800 R, F 800 GS.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência