Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Eventos | 04/07/2011 | 16h45

Evento de motocicletas atrai multidão

Pátio do Colégio, no centro histórico de SP, teve 8º Encontro de Motos Clássicas.

Mário Curcio, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Mário Curcio, AB

Neste domingo, 3 de julho, o centro histórico da cidade de São Paulo foi invadido por motociclistas por causa do 8º Encontro de Motos Clássicas. Anual, o evento ocorre no Pátio do Colégio e reúne modelos antigos de todas as marcas. “A intenção não é promover negócios. O encontro surgiu mesmo da necessidade de reunir motos clássicas e seus colecionadores na cidade”, afirma o organizador, Antônio Carlos Lopes. Dono de 50 motos antigas e fã da marca Ducati, ele expôs quatro de suas raridades.

Quem não perde uma edição é o empresário José Peloso, proprietário da Recar, a mais conhecida loja de motos antigas de São Paulo, especializada em comércio e restauração de clássicas: “Hoje venho mais para oferecer os serviços (reforma) do que vender as motos”, diz. Uma das motocicletas que levou ao encontro foi uma Harley-Davidson 1921. Como ocorre também no mercado de carros antigos, os preços de uma moto de coleção variam muito. Na internet é possível encontrar uma Honda CB 750 (grande sonho dos motociclistas dos anos 1970) por valores entre R$ 14,5 mil e R$ 38 mil.

Além das motos, o evento reúne também motonetas, especialmente da marca Lambretta, cuja produção no Brasil começou em 1955 (a fábrica local faliu em 1982). O colecionador Edgar Daré, hoje com 68 anos, foi usuário dessas motonetas em sua juventude. Usava como transporte e também nas paqueras: “Quem tinha uma dessas não ficava sozinho”, garante. Hoje ele possui oito Lambrettas restauradas, fabricadas de 1956 a 1970. Ele foi ao encontro com um modelo 1958 repleto de acessórios de época como bagageiros e frisos.

Segundo o colecionador, uma Lambretta mais antiga (versão LD, feita aqui entre 1955 e 1960) varia entre R$ 10 mil e R$ 25 mil. “Pode até passar disso, tudo depende do estado de conservação.



Nas fotos acima, no sentido horário, uma Harley-Davidson 1921 Over Head restaurada pela Recar Motos; impecável, a Honda 750 Four Super Sport era o sonho dos motociclistas nos anos 1970; menos comum era a Suzuki GT 750, equipada com motor dois-tempos refrigerado a água; a Ducati 450 Sport 1974 foi levada pelo organizador do evento e fã da marca italiana; o encontro anual tem uma ala só para as Lambrettas; a azul-clara em destaque foi fabricada em 1958 e pertence ao colecionador Edgar Daré.



Tags: Pátio do Colégio, Encontro de Motos Clássicas, Antônio Carlos Lopes, José Peloso, Harley-Davidson, Honda, Ducati, Suzuki, Lambretta, Lambrettas, Edgar Daré.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

AB Inteligência