Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Combustíveis | 28/06/2011 | 20h33

Presidente da Raízen critica ameaça de intervenção no setor de etanol

Vasco Dias defende financiamento da estocagem para regular preço.

Gustavo Porto, Agência Estado

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Gustavo Porto, Agência Estado

O presidente da Raízen, Vasco Dias, criticou a possível intervenção do governo no setor de etanol, com restrição de crédito para a produção de açúcar, como tem sugerido o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. “Não adianta vir com artificialidade, porque não funciona. A oferta e a demanda do etanol regulam o mercado”, disse Dias. “O açúcar é fundamental para a balança comercial do País e tem de ter a produção conjunta com etanol”, completou o executivo, durante evento em Sumaré, no interior de São Paulo.

Dias considerou que as conversas do setor com o governo para o aumento da produção de etanol “avançaram” e um possível programa federal de fomento ao setor deve prever financiamento para estocagem do combustível e cogeração de energia a partir de biomassa (bagaço de cana). “Sem cogeração o projeto não se viabiliza”, afirmou.

O presidente a Raízen informou ainda que as empresas do setor de açúcar e etanol discutem com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) “novas condições de financiamento” para investimento na ampliação da produção. O executivo, entretanto, não detalhou as conversas com o governo e o BNDES.

Dias considerou que a oferta e a demanda de etanol serão estáveis nesta safra e avaliou que os preços do combustível de cana-de-açúcar não deverão ter grande volatilidade na entressafra, como ocorreu este ano. “Com o ritmo de hoje teremos uma entressafra mais tranquila”, disse.



Tags: Raízen, Vasco Dias, etanol, BNDES.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência