Automotive Business
  
ABLive

Notícias

Ver todas as notícias

Caminhões e Ônibus | 15/06/2011 | 07h34

Paccar vai iniciar construção da fábrica no Brasil

Montadora produzirá caminhões da marca DAF no início de 2013

Automotive Business

Luciana Duarte, para Automotive Business

Em entrevista exclusiva a Automotive Business, a Paccar, sediada em Bellevue, Washington, confirmou que vai iniciar a construção de sua fábrica no Brasil antes do fim deste ano. Nos próximos dois anos a montadora pretende investir US$ 210 milhões no País e produzir aqui os caminhões da marca holandesa DAF, controlada pela Paccar.

Estão avançadas as negociações com o governo Paraná para a instalação da unidade no Distrito Industrial de Campos Gerais. A região, que abrange 16 municípios paranaenses, é cortada pela BR 277, com fácil acesso aos portos do Paraná e de Santa Catarina.

O martelo ainda não foi batido porque falta a montadora americana fechar acordo com os principais fornecedores de peças. A decisão poderá ser tomada no próximo dia 30 de junho, na Holanda, quando os representantes da Paccar se reunem com 30 fornecedores. Em recente visita ao Brasil os principais executivos da Paccar fizeram extensa lista de pedidos.

O secretário da Indústria e Comércio do Paraná, Ricardo Barros, não revela detalhes mas afirma que o governo tem realizado todos os esforços necessários para atrair a fabricante de caminhões para o Estado. “Tudo indica que teremos essa confirmação até o fim deste mês”, diz.

Nacionalização dos caminhões DAF

No início de 2013 a fabricante americana pretende comercializar três diferentes cavalos mecânicos da DAF: modelos LF, CF e XF, que atendem aplicações urbanas, rodoviárias e fora-de-estrada. A escolha dos produtos para a estreia no mercado brasileiro se baseia nas características dos veículos cara-chatas, predominante no portfólio das marcas presentes no Brasil.

“Estão nos planos introduzir a médio e longo prazos a linha completa de 10 a 40 toneladas de PBT no Brasil”, revela o porta-voz da Paccar e tesoureiro Robin Easton. O executivo afirma que é pouco provável que no período 2011-2013, antes da fábrica estar pronta, a empresa importe caminhões DAF para comercializar no Brasil. “É uma operação muito cara e não temos interesse em destinar recursos para essa finalidade se vamos nacionalizar os modelos”, diz.

A montadora pretende até 2020 conquistar 10% de participação no mercado brasileiro. Os testes dos veículos DAF na América do Sul seguem a todo vapor, mas detalhes não foram revelados. “Até agora têm sido excelentes”, garante Easton.

Sobre a DAF

A DAF foi comprada pela Paccar em 1996. Na época a marca detinha 8% do mercado na Europa. Quatorze anos depois, alcançou 15,2% de market share. A meta é elevar a participação para 20% no médio prazo.



Tags: Paccar, DAF, caminhões, MAN, Mercedes-Benz, Ford, Volvo, Scania, Iveco, Agrale.

Comentários

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência