Automotive Business
Siga-nos em:
AB Inteligência

Notícias

Ver todas as notícias

Mercado e Negócios | 09/06/2011 | 18h15

Mau tempo adia assembleia na VW

Metalúrgicos se reúnem novamente nesta sexta.

Mário Curcio, AB

NOTÍCIAS AUTOMOTIVAS EM QUALQUER LUGAR
Email RSS Twitter WebTV Revista Mobile Rede Social


Mário Curcio, AB

Por conta do mau tempo, a assembleia que ocorreria nesta quinta-feira, 9, entre os trabalhadores da Volkswagen de São José dos Pinhais (PR) e o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba foi adiada para as 14 horas desta sexta-feira. A montadora e o sindicato estão em negociação desde o período da manhã e essa reunião deve se estender até pouco antes das duas horas da tarde.

O sindicato acredita que haverá uma proposta da fabricante que atenda as duas partes, já que a Volks teria dado sinais esta semana de que quer negociar. Informações vindas do sindicato mostram que aumentou o número dos fura-greves. Semana passada eles eram cerca de 30. Nesta semana, a entidade acredita que cerca de cem deles tenham entrado pela manhã, misturados ao pessoal administrativo (que só parou no primeiro dia da manifestação). No entanto, os fura-greves realizam apenas limpeza e manutenção de máquinas, não montam carros.

A paralisação foi motivada pela Participação Pelos Resultados, PPR, um bônus mais conhecido como PLR, sigla de Participação nos Lucros e Resultados. Os metalúrgicos querem R$ 12 mil divididos em duas parcelas. A oferta da VW até o momento foi de R$ 5,2 mil pela primeira parcela do bônus, com negociação do valor restante no segundo semestre e desconto dos dias parados. Tudo isso vem sendo rejeitado pelo sindicato.

A greve está em seu 36º dia e impediu a produção de cerca de 19 mil Fox/CrossFox e 2,3 mil Golf. Esses carros gerariam um caixa de mais de R$ 730 mil à montadora.



Tags: Volkswagen, VW, São José dos Pinhais, Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, Golf, Fox/CrossFox, PPR, PLR.

Comentários

  • uJAfHOqCrHePP

    Se9rio: e faz alguma derfeine7a? Porque eu ne3o vejo nenhuma, especialmente com os sindicatos que tem por aed. Esses caras enxergaram um mercado que existe basicamente porque os sindicatos viraram as costas a esses neojornalistas. Por burrice, diga-se ainda que discordem da decise3o que abriu as portas a eles, foi uma decise3o perfeitamente legal (mais legal do que uma decise3o do STF ne3o existe, ne9?).

Conte-nos o que pensa e deixe seu comentário abaixo Os comentários serão publicados após análise. Este espaço é destinado aos comentários de leitores sobre reportagens e artigos publicados no Portal Automotive Business. Não é o fórum adequado para o esclarecimento de dúvidas técnicas ou comerciais. Não são aceitos textos que contenham ofensas ou palavras chulas. Também serão excluídos currículos, pedidos de emprego ou comentários que configurem ações comerciais ou publicitárias, incluindo números de telefone ou outras formas de contato.

Veja também

ABTV

AB Inteligência